Header Ads


Agentes comunitários de saúde tomam posse em São Pedro da Aldeia

      Os Agentes comunitários de saúde de São Pedro da Aldeia comemoram conquista. —  Foto: Divulgação.
 
Agentes comunitários de saúde tomam posse em São Pedro da Aldeia
Publicado no JASB em 20.dezembro.2021.  

Canal da CONACS | Os novos servidores, aprovados em processo seletivo, foram recebidos pela Secretária de Saúde, Francislene Casemiro.
-
-
O trabalho de prevenção e promoção da saúde desenvolvido pelas Unidades de Saúde da Família de São Pedro da Aldeia ganhou um importante reforço com a chegada de 13 novos servidores aprovados em Processo Seletivo. Os candidatos foram empossados na quinta-feira (19), em cerimônia realizada no Cine Estação, no Centro da cidade. Os profissionais foram recebidos pela secretária de Saúde, Francislene Casemiro, e por membros das equipes de Saúde e RH.

Na ocasião, a secretária de Saúde, Francislene Casemiro, deu as boas-vindas aos novos agentes de saúde. “O papel do agente comunitário de saúde é fundamental dentro Estratégia de Saúde da Família, eles são elos importantes para o atendimento das necessidades da população. É muito importante que cada profissional tenha comprometimento em fazer o seu melhor, saiba qual é o seu papel na unidade de saúde em que ele será alocado, quais são os seus direitos e as suas obrigações perante não só à Prefeitura, mas ao Ministério da Saúde, conforme preconizado pela Lei nº 11.350 e na Política Nacional de Atenção Básica”, disse.
-
-
ATUAÇÃO
Os profissionais empossados vão atuar nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Botafogo, Colina, Vinhateiro, Ponta do Ambrósio, Flexeira, Baixo Grande, Praia Linda, São João I, São João II e Jardim das Orquídeas.

Candidatos receberam orientações da equipe de RH - Antes de chegar à posse, os candidatos passaram por uma série de etapas de caráter classificatório e eliminatório, entre elas a Prova Objetiva; o Curso Introdutório de Formação Inicial e Continuada, oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde; e os exames médicos admissionais para obtenção do Atestado de Saúde Ocupacional (ASO).


Na ocasião, a subsecretária de Administração, Ângela Valadão, forneceu algumas orientações aos novos servidores e esclareceu dúvidas sobre o Estatuto dos Servidores Públicos; acumulação de cargos; os procedimentos de avaliação durante o estágio probatório; contribuição previdenciária; salário base, carga horária e principais aspectos legais que regem a profissão, entre elas a comprovação de residência no território de atuação.
-
-
      Daniela Conceição foi a primeira empossada do grupo. —  Foto: Divulgação.

NOVOS AGENTES
Primeira empossada do grupo, Daniela Conceição é moradora de Botafogo há 37 anos. “Moro em Botafogo a minha vida inteira e conheço as necessidades do meu bairro. Espero poder contribuir e retornar tudo aquilo que eu aprendi no curso de capacitação sobre a importância de atender as necessidades da população. Quero ser uma porta-voz dessas necessidades e dar o melhor de mim pelo meu bairro, junto à minha unidade”, disse.

Thaís Quintanilha é formada em técnica em enfermagem e foi uma das candidatas empossadas para a unidade de saúde do São João I. “Sempre gostei da área da saúde e para mim está sendo muito gratificante assumir esse cargo que, além de me dar uma estabilidade de vida, vai me dar a oportunidade de servir a minha área, ajudar e entender melhor as dificuldades das pessoas que moram no meu bairro, dentro da minha área de atuação. Espero poder somar”, conta.


ORIENTAÇÕES
Após a cerimônia, os profissionais receberam um memorando e foram orientados a comparecerem à sede da Secretaria de Saúde para cadastramento da biometria e a se apresentarem às suas respectivas unidades de saúde. 
-
-
Na oportunidade, a coordenadora de Atenção Básica, Jaqueline Tinoco, e a coordenadora das Estratégias de Saúde da Família (ESF’s), Patrícia Maria da Costa, também esclareceram dúvidas e forneceram informações gerais sobre as metas do Ministério da Saúde a serem atingidas, redistribuição de território, uniforme, Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), horário de trabalho, além de se colocaram à disposição para auxiliar os novos agentes durante o processo de trabalho.

Os novos agentes puderam esclarecer dúvidas com a equipe da Atenção Básica - De acordo com o Edital do Processo Seletivo, o agente comunitário de saúde tem como atribuições o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da Saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e sob supervisão do gestor municipal.  

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.
-
-
Enquete sugere novo nome para defesa da categoria  de ACS e ACE de Mato Grosso

      Dr. Carlos Eduardo, considerado um grande articulador e defensor da causa dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias junto a ALMT, recebe destaque em enquete. —  Foto: Divulgação.
 
Uma enquete surgiu entre os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Brasil, perguntando sobre quem representaria melhor os Agentes de Mato Grosso na Câmara Federal, porém esta enquete fez referência à dois nomes conhecidos, o ex-deputado Valtenir Pereira e o atual deputado federal Dr. Leonardo, mas a surpresa foi o surgimento do nome do Dr. Carlos Eduardo, o qual nunca foi candidato e não exerce nenhum mandato, mas que é considerado um grande articulador e defensor dos Agentes junto a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, onde junto ao Deputado Max Russi, já esteve em mais de 60 municípios... Veja a matéria completa, aqui!

-
-
Demissões em Massa: Texto da PEC 14/2021, se aprovada, abrirá as portas para mais demissões

 Agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias poderão sofrer ainda mais com as demissões em massa, caso a PEC 14 seja aprovada.   —  Foto: ilustrativa.
 
Infelizmente o egoísmo de poucos poderá prejudicar a muitos, caso os alertas que fazemos continuem sendo ignorados. Entendam o caso!  Veja a matéria completa, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.