Header Ads


CONACS envia importante mensagem a todos os ACS/ACE do Brasil

      Hildo Rocha, Ilda Angélica Correia e Eduardo Gomes.  —  Foto: Divulgação.
 
CONACS envia importante mensagem a todos os ACS/ACE do Brasil
Publicado no JASB em 18.dezembro.2021.  

Canal da CONACS | Momento em que o líder do governo no Congresso Nacional, Eduardo Gomes, a presidente da CONACS, Ilda Angélica e o presidente da Frente Parlamentar Mista dos ACS/ACE, Hildo Rocha, definiram a estratégia de derrubada do veto.
-
-
Em meio a comemoração da vitória de uma grande batalha, fica a reflexão de que ainda há uma guerra para concluir. Justamente pela aprovação da Lei que garantirá o pagamento do novo valor do Piso Nacional. 

Segue agora dois textos produzido pela coordenação da CONACS:

"Muito obrigado a todos que estiveram envolvidos nessa luta, os deputados, senadores, diretores da confederação nacional, e todos que estiveram de suas casas nos acompanhando até aqui.


Derrubamos o veto 44/2021, mas continuaremos lutando em Brasília, agora, pela aprovação da PEC 22/11. Não desistiremos até que alcancemos o nosso tão merecido reajuste. 
ACS e ACE, comemorem, essa vitória é de toda a categoria."


A mensagem de Ilda Angélica Correia a todos os ACS/ACE do Brasil.
-
-
Prezados amigos ACE/ACS.

Por ora vamos descansar!
O ano de 2021 foi intenso e lutamos ferozmente pela PEC 22/11 pois ela sim, nos trará segurança, já que sua APROVAÇÃO irá garantir reajustes anuais e automáticos bem como isonomia salarial a nível Nacional evitando todo o desgaste que tivemos nos últimos meses.
Alguns colegas podem ter tido a sensação de que a PEC 22 foi deixada de lado mas isso não é verdade, como bem mostra o último encontra da nossa CONACS com o Presidente Arthur Lira e senador Collor, reafirmando o seu compromisso em pautar a PEC em Março de 2022. Porém a DERRUBADA do veto se tornou imperativo, precisava cair e caiu!

Não podemos e não devemos tirar o mérito dos resultados obtidos com a DERRUBADA do veto 44.8. Foi uma batalha de gigantes, mas fica patente com toda a agonia e ansiedade que a categoria passou correndo o risco de no ano de 2022 não ter recursos garantidos para o REAJUSTE anual do NOSSO PISO SALARIAL NACIONAL PROFISSIONAL, a importância da APROVAÇÃO da PEC 22 para o ano que vem.

Portanto por ora, descansemos todos, pois a LUTA travada teve requintes de enfartar os corações de todos os que acompanharam o desdobrar dos acontecimentos.
-
-
Descansemos por ora e comemoremos bastante pois o que aconteceu nos últimos meses foi uma batalha nos corredores, do Congresso Nacional, semelhante a peleja entre Davi e Golias.

Tentaram nos vencer pelo cansaço, mas nossos representantes permaneceram firmes e inabaláveis, resilientes, resolvidos a sair de cena apenas quando o veto caísse, tal qual como caiu no dia de ontem, dia 17/12/21.


Guardem essa data!
Mais uma vez fizemos história! Estamos nos tornando colecionadores de derrubada de vetos, todas justíssimas!

Levamos pra casa um troféu, ganhamos respeito e aumentamos a admiração daqueles que estão com a caneta na mão, mas para 2022 temos novos desafios, tão grandes quanto esse superado e não Serão os últimos. Devemos estar vigilantes e unidos.
-
-
Com recursos garantidos com a derrubada do veto 44.8, é preciso buscar um valor de reajuste do nosso piso, pelo menos para 2022, não esquecendo de manter pressionado as duas casas para votar e aprovar a PEC 22.

      Ilda Angélica Correia (CONACS) foi persistente, tanto em relação ao deputado Marcelo Ramos como às demais lideranças do Congresso.  —  Foto: Divulgação.
Portando, aos colegas mais distantes dos cenários de luta e estranhos a nossa luta histórica e aos últimos acontecimentos faz se necessário tomar conhecimento, pois sua participação nas bases eleitorais dos deputados e senadores irá contribuir, ainda mais em um momento tão favorável a categoria como o ano que vem.

Por fim, podemos deixar de mencionar uma ameaça que surgiu dentro do seio da nossa própria categoria que é a divisão. É preciso refletir o quanto está divisão é danosa para nossa categoria. Todos possuem o direito de divergir mas o que não podemos e não queremos é construir uma imagem de desunião, receita essa capaz de retardar qualquer conquista. Para que esse Mal não cresça é preciso que todos retornem a mesa de dialogo, mas também é necessário que cada ACE/ACS busquem esclarecimentos. Jesus Cristo disse uma certa vez para conhecermos a verdade e ela nos libertaria. Que o trabalhador ACE/ACS procure buscar mais informações da história da sua profissão – nascimento, lutas e conquistas, só assim seremos imbatíveis, pois nosso passado é o que nos une.

Mas deixemos todas essas preocupações para o ano que vem, que já está na porta, pois a cada guerreira e guerreiro cabe um quinhão desta vitória, espólios dessa batalha.

Festejemos, cantemos e nos alegremos por ora, pois o ano de 2022 vai precisar de soldados descansados, mas sempre alertas e prontos para uma nova luta que já está marcada.
-
-
Obrigado, GUERREIROS E GUERREIRAS, que lutaram bravamente seja em Brasília, seja nas suas bases. Vocês foram fundamentais nessa vitória!

A UNIÃO FAZ A FORÇA!!!

UNIDOS CONQUISTAREMOS MAIS!!!


Alerta contra o Golpe do Falso Piso de  R$ 1.920. 
Por Cosmo Mariz.

O sindicalista e Bacharel em Direito, Cosmo Mariz, é diretor presidente do SINDAS-RN, uma instituição que tem apresentado relevante avanço na luta pela garantia dos direitos dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Rio Grande do Norte. 

O alerta de Cosmo Mariz
Agentes de saúde estão sendo induzidos em erro e podem prejudicar o Piso Nacional em 2022, com a conversa de um suposto piso de R$ 1.920,00, a partir de janeiro o que é mentira.

A CONACS sabe o que está fazendo, tem pé no chão e não precisa mentir ou enganar ninguém. Todos sabem que esse ano só temos condições de garantir o orçamento, e isso ainda não se resolveu, depende da derrubada do veto 44-8.

Todos sabem que garantindo-se o orçamento agora, é a única garantia do piso salarial em 2022, por meio da PEC 22. Infelizmente esse ano não sairá NENHUMA PREVISÃO LEGAL PARA UM NOVO PISO.
-
-
Atenção! 
Mobilizar os deputados contra a votação da PEC 22 em 2022, sob alegação de que já está certo um piso de R$ 1.920,00, fará com quê apenas se garanta no orçamento um piso em 2022 de R$ 1.920,00.

Com orçamento sem previsão legal não receberemos piso. Em março quando a previsão legal do piso vier pela PEC 22, precisaremos do orçamento. Se caírem na conversa de um piso certo que não existe, só será garantido orçamento para R$ 1.920,00 para 2022.

Querendo ou não, agrade quem agradar, só sairá piso com base legal.  Se tivesse base legal para um piso a partir de janeiro de 2022 de R$ 1.920,00 até eu estaria defendendo. Se temos que esperar até março de 2022 de toda forma, que se aprove um orçamento para 2 salários e pague-se após a PEC 22 ser aprovada, retroativo a janeiro de 2022.

Não se deixe enganar procure uma opinião fora da categoria e extra representações. Pode ser membros da OAB, advogado particular, contador etc.  Só não procure gestores. Veja o vídeo aqui!

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.

-
-
Incentivo: Mais uma prefeitura repassa R$ 1.550 aos ACS e ACE.

      O Incentivo Financeiro Adicional é devido aos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias.  —  Foto: Divulgação.
 
Canal Incentivo Financeiro A prefeitura Municipal de Moreno (PE), cumprindo o que determina a lei e portaria que descreve a destinação do recurso repassado pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde, está repassando aos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias o devido recurso.
Conteúdo relacionado:

Um comentário:

  1. Caso a pec22 seja aprovada mas o STF julgue inconstitucional o que acontece?

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.