Header Ads


Atenção primária à saúde tem investimento de R$ 25,4 bilhões em 2021

     A Atenção Primária (APS) é a principal porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).   —  Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.
 
Atenção primária à saúde tem investimento de R$ 25,4 bilhões em 2021
Publicado no JASB em 07.janeiro.2022.  

PIS/PASEP Mais equipes, unidades com horário ampliado e mais atenção ao pré-natal estão entre as ações deste ano.
-
-
São as unidades de atenção primária à saúde que o cidadão procura quando precisa fazer uma consulta de rotina ou tomar vacinas no Sistema Único de Saúde (SUS). Neste ano, foram investidos R$ 25,4 bilhões do Ministério da Saúde na atenção primária. A área atende cerca de 17 milhões de cidadãos por mês e conta com mais de 50 mil unidades básicas no país.

Esse governo priorizou a atenção primária desde o início. À época, era um departamento da Secretaria de Atenção à Saúde. O Presidente Jair Bolsonaro criou a Secretaria de Atenção Primária à Saúde. E o investimento subiu de R$ 17 bilhões, hoje com mais de R$ 20 bilhões de orçamento. É na atenção primária que vamos fazer a revolução da saúde pública”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

-
-
Os investimentos feitos ao longo de 2021 abrangeram uma diversidade de ações. Em maio, por exemplo, R$ 1 bilhão foi investido para combater a má nutrição em crianças menores de 7 anos e gestantes do programa Bolsa Família, reforçar a atenção a idosos e fortalecer as equipes que atendem povos e comunidades tradicionais.

Outros R$ 6,7 milhões foram destinados a exames de pré-natal, contemplando 4.090 municípios. Foram investimento ainda R$ 8,2 milhões em equipamentos para as equipes de saúde bucal e repassados R$ 899 milhões a Centros Comunitários de Referência e Centros de Atendimento para o enfrentamento à Covid-19.

Mais equipes e horário ampliado
Mais de 2 mil municípios pediram ao Ministério da Saúde a ampliação da atenção primária em 2021. E foram atendidos. Com a destinação de R$ 688 milhões, todas as solicitações de credenciamento foram atendidas.

Para facilitar a vida de quem busca os postos de saúde, o Programa Saúde na Hora habilitou mais 373 unidades de saúde - além das 2.079 que já estavam habilitadas - para funcionar com horário estendido por meio de um custeio mensal extra.
-
-
Novo Programa
Em 2021, foi lançado o primeiro edital do Programa Médicos pelo Brasil, iniciativa que vai substituir o Mais Médicos. Os 5.233 municípios elegíveis foram convidados a manifestar interesse no programa. A previsão é ofertar 5 mil vagas para médicos em 2022, principalmente para regiões remotas e de vulnerabilidade social. O número de profissionais pode chegar a 21 mil nos próximos anos.


Considerada a principal porta de entrada do SUS, a atenção primária não se restringe aos postos de saúde. A área encerra 2021 com:

 •  99 Unidades Básicas de Saúde fluviais;

 • 50.657 equipes de Saúde da Família;

 • 5.296 equipes de Atenção Primária;

 • 191 equipes de Consultório na Rua;

 • 593 equipes de Atenção Primária Prisional (em 2021, foram credenciadas 198 novas equipes em 50 municípios) e;

 • 265 equipes de Saúde da Família Ribeirinha.
-
-
Agência Brasil
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.

Trabalho dos agentes de saúde gera uma economia anual de R$ 48 bilhões aos cofres públicos 
      Trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias geram saúde e economia para o Brasil.  —  Foto: Divulgação.
 
Conforme avaliação realizada pelo JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, o impacto positivo do trabalho realizado pelos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias gera uma economia anula de R$ 48 bilhões aos cofres públicos públicos brasileiros. Leia a matéria completa, aqui! 

      Maria das Mercês Sousa da Silva.   —  Foto: Reprodução.
 
A agente comunitária de saúde do município de Geminiano, Maria das Mercês Sousa da Silva, faleceu na manhã desta terça-feira, 04 de janeiro, no Hospital Regional Justino Luz, em Picos. Veja a matéria completa, aqui!

-
-
Conteúdo relacionado:


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.