Header Ads


São Gonçalo garante uniforme e kits a agentes comunitários de saúde

      Profissionais estavam há quase dez anos sem novos EPIs.    —  Foto/Reprodução.
 
São Gonçalo garante uniforme e kits a agentes comunitários de saúde.
Publicado no JASB em 28.dezembro.2021.  

Canal Exclusivo do Incentivo Uma luta de quase uma década resolvida em onze meses. Assim pode ser definida a entrega dos uniformes aos agentes comunitários de saúde de São Gonçalo. Ao todo, 2,4 mil uniformes serão entregues aos 1,2 mil agentes, o que facilitará o trabalho pelos bairros da cidade. 
-
-
A primeira entrega simbólica foi realizada, ainda no mês de novembro, precisamente na manhã de segunda-feira (29/11), pelo secretário municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo, Gleison Rocha da Silva; e pelo subsecretário de Atenção Básica, Maik Mello, aos representantes do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde do Rio de Janeiro (Sinacs).


Os agentes comunitários de saúde de São Gonçalo estavam desde 2012 sem receber uniformes novos. 

Quase dez anos depois, em pouco tempo de governo do Capitão Nelson, a viabilização da contratação dos uniformes foi feita e resultou na entrega dos kits, iniciada na segunda-feira (29/11). Assim, os agentes podem buscar os kits – cada agente receberá dois completos (camisa, colete, chapéu australiano, calça e crachá) em seus postos de saúde de referência.
-
-
      Francisco Vilela, diretor presidente do SINACS-RJ.    —  Foto/Reprodução.

“Quando assumi a Atenção Básica com a coordenadora Cláudia Pinnas, em 1º de abril deste ano, fizemos um levantamento do que estava pendente no setor de compras. E vimos que as empresas ganharam as licitações dos uniformes, mas não tinham entregue. Cobramos e hoje conseguimos montar os kits para fazer essa entrega. Esses uniformes vão dar mais dignidade de trabalho aos agentes, além de facilitar a identificação com os moradores, uma forma da população saber e receber dentro das suas casas esses agentes comunitários de forma mais segura. É uma espera desde 2012 que está sendo concretizada no primeiro ano do governo do Capitão Nelson”, disse Maik Mello.

-
-
Para os agentes comunitários, é uma grande conquista.

Viemos de uma grande luta, o sindicato conseguiu montar uma Comissão de EPI (equipamento de proteção individual) e, através dessa comissão, fizemos um estudo do melhor material para trabalhar. Todos nós do sindicato também somos agentes de saúde e sabemos o que cada trabalhador passa. Conseguimos um equipamento com qualidade, o melhor para a nossa categoria. O uniforme é muito importante para dar visibilidade ao agente comunitário de saúde nos bairros, principalmente nos mais carentes. Facilita muito o trabalho”, disse a diretora de saúde do trabalhador do Sinacs, Andréa Petra Xavier.

Prefeitura de São Gonçalo
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.

Federalização:
-
-
Presidente da Frente parlamentar comenta a publicação do Reajuste no Diário Oficial da União 

      Dep. Hildo Rocha, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias comenta a publicação do Reajuste no Diário Oficial da União   —  Foto/Reprodução.
 
Canal Exclusivo do Incentivo | O deputado Federal Hildo Rocha, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, de forma emocionante, comentou sobre a confirmação do Reajuste do Piso Salarial Nacional no Diário Oficial da União e sobre a existência de outros documentos, que apontam a conquista da categoria.  Leia a matéria completa, aqui! 

-
-
UPAs de Fortaleza registram mais de mil atendimentos por síndrome gripal por dia

      Fortaleza enfrenta epidemia de síndromes gripais.  —  Foto: Divulgação/ Yago Albuquerque.
 
Número corresponde a média de atendimentos na última semana. Faixa etária com maior número de casos é entre 20 a 29 anos. Mais da metade dos casos é classificada como "pouco grave", conforme dados do IntegraSUS. Veja a matéria completa, aqui!
-
-
Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.