Header Ads


Comandante dos Bombeiros da BA relata preocupação com quantidade de águas em barragens: 'várias em nível crítico'

       Barragem em Jussiape se rompe, e Prefeitura de Itambé pede que moradores deixem suas casas.  —  Foto/Reprodução/ Terra Querida Jussiape - BA.
 
Comandante dos Bombeiros da BA relata preocupação com quantidade de águas em barragens: 'várias em nível crítico'
Publicado no JASB em 28.dezembro.2021.  

Canal Exclusivo do Incentivo Comandante geral do Corpo de Bombeiros fala sobre situação das barragens na Bahia. 

Ao menos 10 delas estão em nível crítico. Coronel Adson Marchesini destacou que barragens que se romperam por causa do temporal, no estado, eram privadas.
-
-
O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Adson Marchesini, relatou preocupação com o volume de água em barragens no estado da Bahia. Ao menos 10 delas estão em nível crítico, por causa das fortes chuvas que caem no estado desde o mês de novembro.

     Comandante geral do Corpo de Bombeiros fala sobre situação das barragens na Bahia.  —  Foto/Reprodução

Segundo o coronel, apesar da situação alarmante, as barragens não correm o risco iminente de rompimento. Marchesini também destacou que as estruturas que já se romperam no estado são construções privadas.
BALANÇO 
Mais de 470 mil pessoas são afetadas e milhares estão desabrigados e desalojados.

VÍDEOS: Veja as imagens mais impactantes das chuvas:


“Precisamos esclarecer um problema: nós temos várias barragens em nível crítico, com relação à quantidade de água, não com relação à possibilidade de um rompimento da barragem. As barragens que estão se rompendo são barragens privadas, naturalmente feitas por fazendeiros, tendo em vista que as regiões sofrem com problemas de chuvas, e eles acabam construindo barragens em suas próprias propriedades, pequenas barragens".

"Essas barragens de água foram se rompendo com essa situação e isso acabou causando um efeito dominó, mas as barragens principais do estado estão tranquilas até o momento".
-
-
Entre os rompimentos de barragens mais recentes estão a de Vitória da Conquista, na noite de sábado (25), e a de Jussiape, na Chapada Diamantina, na manhã deste domingo (26). Marchesini informou ainda que todas as barragens administradas pelo governo da Bahia estão em observação, para evitar acidentes.

"A quantidade do nível de água nelas é o que realmente nós estamos em observação, com todas elas. As equipes responsáveis por cada uma de suas barragens estão fazendo monitoramento e a liberação de água na medida do controle para que evite qualquer tipo de problema maior para as comunidades ribeirinhas”.

G1 Bahia. 
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.
-
-
Federalização:

Presidente da Frente parlamentar comenta a publicação do Reajuste no Diário Oficial da União 

      Dep. Hildo Rocha, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias comenta a publicação do Reajuste no Diário Oficial da União   —  Foto/Reprodução.
 
Canal Exclusivo do Incentivo | O deputado Federal Hildo Rocha, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, de forma emocionante, comentou sobre a confirmação do Reajuste do Piso Salarial Nacional no Diário Oficial da União e sobre a existência de outros documentos, que apontam a conquista da categoria.  Leia a matéria completa, aqui! 

-
-
UPAs de Fortaleza registram mais de mil atendimentos por síndrome gripal por dia

      Fortaleza enfrenta epidemia de síndromes gripais.  —  Foto: Divulgação/ Yago Albuquerque.
 
Número corresponde a média de atendimentos na última semana. Faixa etária com maior número de casos é entre 20 a 29 anos. Mais da metade dos casos é classificada como "pouco grave", conforme dados do IntegraSUS. Veja a matéria completa, aqui!
-
-
Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.