Header Ads


Nova cepa da Influenza H3N2 faz aumentar casos de síndrome gripal

      O aumento de casos de infecções pelo vírus influenza já está se tornando um surto, em alguns municípios brasileiros.    —  Foto/Reprodução.
 
Nova cepa da Influenza H3N2 faz aumentar casos de síndrome gripal
Publicado no JASB em 27.dezembro.2021.  

Canal Exclusivo do Incentivo O aumento de casos de infecções pelo vírus influenza no último trimestre deste ano tem atraído atenção para uma velha conhecida da humanidade. A gripe, como é chamada popularmente, tem gerado surtos regionais pelo país impulsionada pela introdução de uma nova cepa do subtipo A(H3N2), batizada de Darwin. 
-
-
A primeira identificação da nova cepa no país foi realizada pelo Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) em amostras provenientes da cidade do Rio de Janeiro.

Atualmente, são conhecidos três tipos de vírus influenza: A, B e C. Os dois primeiros são mais propícios a provocar epidemias sazonais em diversas localidades do mundo, enquanto o último costuma provocar alguns casos mais leves. O tipo A da influenza é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2). Já o tipo B é dividido em duas linhagens: Victoria e Yamagata.

Embora possuam diferenças genéticas, todos os tipos podem provocar sintomas parecidos, como febre alta, tosse, garganta inflamada, dores de cabeça, no corpo e nas articulações, calafrios e fadigas.

-

A cepa Darwin (recém-descoberta na Austrália) faz parte do tipo A(H3N2). Nos últimos meses, ela contribuiu para um aumento de casos de gripe em um período atípico no Brasil – que, assim como os países do hemisfério sul, possui uma circulação maior do vírus influenza no inverno (entre julho e setembro).

De acordo com Fernando Motta, pesquisador do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do IOC, o grande número de pessoas infectadas com o vírus da gripe também é resultado da combinação de uma circulação reduzida do vírus influenza em 2020 com a baixa adesão à campanha de vacinação desse ano.

O pesquisador lembra que os cuidados para evitar o contágio e a transmissão da gripe são os mesmos que a população têm usado para frear a transmissão da Covid-19. 

Distanciamento social, evitar aglomerações, uso de máscaras, higiene constante das mãos e etiqueta respiratória. São medidas que vimos que ao longo do ano passado e que provavelmente fizeram com que várias viroses respiratórias desaparecessem de circulação. E, com certeza, mitigaram a transmissão do coronavírus”, afirmou Fernando Motta.
-

Assista ao vídeo e saiba mais sobre o vírus influenza e o subtipo H3N2:


Max Gomes (IOC/Fiocruz)*

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.

Federalização:
-
-
Diário Oficial da União publica o Reajuste do Piso Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias.

      Governo Federal sanciona Reajuste do Piso Nacional dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias   —  Foto/Reprodução.
 
Depois de muitas batalhas em Brasília, além dos diversos paradoxos que acabaram por atrapalhar as articulações no Congresso Nacional, finalmente é possível respirar fundo com a publicação do Reajuste do Piso Nacional no Diário Oficial, apesar da publicação...  

-
-
UPAs de Fortaleza registram mais de mil atendimentos por síndrome gripal por dia

      Fortaleza enfrenta epidemia de síndromes gripais.  —  Foto: Divulgação/ Yago Albuquerque.
 
Número corresponde a média de atendimentos na última semana. Faixa etária com maior número de casos é entre 20 a 29 anos. Mais da metade dos casos é classificada como "pouco grave", conforme dados do IntegraSUS. Veja a matéria completa, aqui!
-
-
Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.