Header Ads


Abaixo-assinado criado pela CONACS bate as 17.000 assinaturas nesse sábado. Confira!

    Em apoio à CONACS,  na defesa do Reajuste do Piso Nacional, ACS's e ACE's se unem .  —  Foto: Reprodução.
 
Abaixo-assinado criado pela CONACS bate as 17.000 assinaturas nesse sábado. Confira!
Publicado no JASB em 23.outubro.2021.  

Camisas para ACS/ACE | Foi ontem (sexta-feira) que publicamos a matéria sobre as 14.000 assinaturas ao abaixo-assinado criado pela CONACS. Isso, em algumas poucas horas. Acreditem, hoje (23) o número de assinaturas deve bater os 17.000. 

Atualmente o abaixo-assinado registra exatamente 16.879 assinaturas. Enquanto estamos digitando essa matéria o número sobe rapidamente.


Mas, afinal, qual a importância desse abaixo-assinado? Qual a implicância que ele poderá ter na articulação da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes de Saúde? 

Lançamento: Camisetas profissionais de ACS e ACE. Confira os modelos!

A resposta é bastante objetiva: tais assinaturas sinaliza à Câmara dos Deputados que a categoria de Agente Comunitário de Saúde e Agentes de Combate às Endemias estão focadas na derrubada do veto ao Reajuste do Piso Nacional. Não só no âmbito da previsão orçamentária, mas, também na aprovação da PEC 22, que garante o Reajuste do Piso Nacional e cria mecanismo para que os reajustes seguintes seja automáticos, além da nova redação da PEC pleitear a Aposentadoria Especial e garantia de direitos com a finalidade de estabelecer a desprecarização das duas categorias.


Entre os deputados que estão acompanhando as assinaturas, estão os deputados federais Fred Costa (Patriota-MG) e Capitão Wagner (PROS-CE). Justamente eles que fizeram um destaque em favor da categoria, o que vai permitir a votação em separado.
Confira as assinaturas do abaixo-assinado, aqui!

Como já falamos, uma velocidade assim somente foi vista no período da votação da Proposta Legislativa da Federalização, há quase 3 anos.

Lançamento: Camisetas profissionais de ACS e ACE. Confira os modelos!

O grande problema do Piso
É importante que todos os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate a endemias saibam que a luta em Brasília está dividida. Isso nunca ocorreu antes, ou seja, parte da luta da categoria está focada na aprovação da PEC 14 e a outra na PEC 22, que além de garantir o reajuste do Piso Salarial Nacional das duas categorias, também garante a Aposentadoria Especial exclusiva, além de outros direitos dos agentes. Isso, graças ao novo texto da PEC 22, proposto pela direção da CONACS.


Atrasos em Brasília
Com a luta dividida, os parlamentares também ficam divididos. Obviamente que tal situação causa enfraquecimento da luta da categoria. O fato de uma nova associação lutar para aprovar a sua proposta com a finalidade de obter status, acaba por prejudicar a proposta de reajuste do Piso Nacional, prejudicando a todos os ACS/ACE do país. Não adianta apenas falar que está apoiando a derrubada do veto ou o reajuste do Piso, quando a verdade é bastante diferente. 
Vê o apoio à derrubada do veto e do reajuste como apoio à proposta da CONACS, reduzindo o foco à PEC 14 não é algo aceitável para os opositores da Confederação. A luta é que desune, isso está mais do que evidente. 

Dividir para conquistar
Infelizmente essa é a finalidade dos que buscam o status de entidade nacional forte, divide a categoria e depois assume o comando de forma parcial, até que a suposta entidade inimiga seja totalmente neutralizada. No caso, a entidade a ser neutralizada seria a CONACS. Somente enfraquecendo a atuação da Confederação é possível tomar o seu lugar, contudo, isso também significa prejudicar a todos os ACS/ACE do país, considerando que a CONACS é a única entidade formada pela categoria que tem uma proposta de Reajuste do Piso em tramitação em Brasília.


Estratégia para iludir os ACS/ACE
Para esconder a realidade, se faz vídeo falando na derrubada do veto, fala-se em reajuste do Piso e coloca-se a PEC 14 em segundo plano. Contudo, a realidade é outra: a PEC 14 tem sido a prioridade e o reajuste do Piso Nacional fica entregue a própria sorte, já que a luta é que desune, que enfraquece a entidade rival, no caso, a CONACS é vítima a ser neutralizada.
O marketing competitivo usado por empresas, agora é usado para criar uma cortina de fumaça para conquistar o poder. 

Matéria anterior
Diante dos riscos dos agentes comunitários de saúde e os agentes de combate a endemias ficarem sem o reajuste do Piso Nacional, a CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde criou um abaixo-assinado para consolidar a defesa do reajuste. Rapidamente o portal www.change.org atingiu 2.000, 4.000, 6.000, 10.000 e nessa manhã marcou quase 14.000 (quatorze mil assinaturas).


Ontem o JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil fez a publicação de uma matéria e um vídeo com a fala de Ilda Angélica Correia, diretora presidente da CONACS, entre outros diretores da instituição. Onde houve descrição da situação da luta pela derrubada do veto da LDO e aprovação da PEC 22. Ilda vez uma convocação para todos os ACS/ACE do país pressionarem o deputado Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados para que paute a derrubada do veto. A direção da Confederação orienta para que a categoria use as redes sociais para pressionar o deputado. 

Quem valoriza ACS e ACEs, derruba o veto 44!
Se você deseja acessar o abaixo-assinado criado pela direção da CONACS, clique aqui!

Mensagem grafada no Abaixo-Assinado:

Piso salarial já!

Vai ser votado, na Câmara dos Deputados, o veto ao projeto de lei que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Para que os agentes comunitários de saúde e de endemias tenham piso salarial, precisamos derrubar o veto.

Os deputados federais Fred Costa (Patriota-MG) e Capitão Wagner (PROS-CE) fizeram um destaque em favor da categoria, o que vai permitir a votação em separado.

Assine e compartilhe.

Batalha em Brasília
Como é de conhecimento geral, em Brasília as coisas não estão fáceis. Além das dificuldades de sempre, há um diferencial na luta desse ano, ou seja, a permanência de sindicalistas nos corredores do Congresso com interesses diferentes, focados em defender pautas que priorizem status de entidade e não os da categoria. Isso tem causado muitos problemas e atrapalhado o avanço das pautas prioritárias dos ACS/ACE. 

Falta com a verdade
Usar as mídias sociais para dizer que defende a derrubada do veto à previsão orçamentária para o Piso Nacional e PEC 22, quando a realidade é totalmente diferente, sem dúvida, é algo extremamente lamentável. 

Pedido de ajuda: Direção da CONACS faz transmissão de Brasília
Direto da Câmara Federal a direção da CONACS fez uma transmissão com a finalidade de informar os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias sobre a situação das articulações em defesa do Reajuste do Piso Nacional, no Distrito Federal.

Segundo Ilda Angélica Correia, diretora presidente da Confederação, a derrubada do veto na LDO é a prioridade das prioridades.

A direção da CONACS convoca os ACS/ACE de todo o país para que se mobilizem pelas redes sociais, pressionando o deputado Arthur Lira, que é presidente da Câmara dos Deputados. Para que ele paute a derrubada do referido veto. Veja mais informações, aqui!


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Base da Associação Fnaras geme sem o Piso Nacional na capital da Bahia.

     Essa não é a primeira manifestação dos agentes de saúde, que pedem reajuste salarial.  —  Foto: Reprodução/TV Bahia.
 
Canal da FNARAS A AASA - Associação dos Agentes de Saúde do Estado da Bahia é filiada a Associação Fnaras  - Fórum Nacional das Representações dos ACS e ACE. O salário base dos agentes de salvador chegou a R$ 877. É isso mesmo: quatrocentos e setenta e sete reais. Infelizmente essa é a realidade da categoria na principal cidade baiana.

Conteúdo relacionado:

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.