Header Ads


Prefeita de granja eleva salários de ACS´s e ACE´s, que passam a receber R$ 4.120

        A prefeita Juliana Aldigueri está elevando os rendimentos dos agentes comunitários e de combate às endemias para R$ 4.120,80.  —  Foto/Reprodução.
 
Prefeita de granja eleva salários de ACS´s e ACE´s, que passam a receber  R$ 4.120.
Publicado no JASB em 19.julho.2022. Atualizado em 29.julho.2022.      

Grupos no WhatsApp A prefeita Juliana Aldigueri está encaminhando à Câmara Municipal, em sessão extraordinária, o Projeto de Lei que reajusta o piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, em conformidade com a Emenda Constitucional nº 120/2022, ao patamar base de dois salários mínimos. 
-
-
Granja já possui um dos maiores salários de ACS do estado (2º maior), e um dos maiores do Brasil, pois paga 30% de incentivo e 20% de produtividade, além da insalubridade de 20%.

Com o novo salário, os ACS do município passarão a receber R$ 4.120,80, importância consideravelmente superior ao piso base.


"A administração municipal valoriza os servidores da saúde que estão em contato direto com as famílias granjenses, levando, além de assistência, cuidado e acompanhamento, características estas primordiais da atenção primária, as informações necessárias para a prevenção e manutenção da saúde pública e bem estar social". 
-
-
        O Deputado Federal Valtenir Pereira é o principal responsável pela existência da Emenda Constitucional 120.  —  Foto/Reprodução.

Parabéns aos diretores da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e todos os apoiadores dessa maravilhosas articulação, inclusive, à coordenação do JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, que usaram as suas plataformas de redes sociais e tornaram a mobilização em defesa da proposta algo gigantesco. Com o nosso apoio, a Confederação foi muito longe!

Novo Piso: Presidente da CONACS faz alerta de golpe dos prefeitos contra os ACS/ACE.

Ilda Angélica Correia, presidente da CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, usou as redes sociais para fazer um alerta importante aos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de todo o Brasil.
-
-
Como é de conhecimento geral, os diretores da CONACS pela terceira vez na história conseguiram mudar a Constituição Federal para beneficiar as duas categorias de agentes de saúde todo o Brasil. Não foi uma tarefa fácil, inclusive, com as duas categorias pouco motivadas, sofridas com os abusos dos maus gestores, além dos embaraços provocados pelos opositores da Confederação que, inclusive, iam até Brasília para atrapalhar que a Emenda Constitucional 120 fosse aprovada. Nas redes sociais criaram a narrativa de que a PEC 22, que deu origem à Emenda do Piso dos 2 salários mínimos, era inconstitucional. Apesar de tudo isso, não conseguiram impedir a grande vitória. Detalhes: agora estão dando palestra sobe a importância da EC 120, que tanto tentaram impedir que se tornasse uma realidade. 

Alerta da Presidente
Ilda Angélica Correia tem trabalhado de forma incansável para que todos os 5.570 municípios do Brasil sejam alcançados pela Emenda dos 2 salários mínimos, contudo, não é nada fácil, considerando uma série de limitações, importa pela grande barreira geográfica que envolve o nosso país continental. Mas, as plataformas ligadas aos JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e os voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde tornam as distâncias mais curtas, por meio das informações que são compartilhadas todos os dias, quer pela manhã, tarde ou noite. As mais variadas redes sociais ligadas ao Jornal contam com centenas de milhares de acesso diariamente. 
-
-
Cuidado com os golpes dos maus gestores
Atenção as regulamentações que estão ocorrendo nos municípios. Embora elas seja importantes é fundamental que os agentes comunitários e de combate às endemias fiquem atentos aos textos das leis municipais, relacionadas à regulamentação da Emenda Constitucional 120/2022. Esse foi o destaque de Ilda Angélica.

        Os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias de Salvador sofrem com o pior salário base do Brasil.  —  Foto/Reprodução.

Salvador é um exemplo de tentativa de golpe
Veja o que ocorre em Salvador, a cidade que paga o pior salário base do Brasil, que é de R$ 877. Recentemente o prefeito Bruno Soares Reis tentou incorporar algumas vantagens dos ACS/ACE ao salário base, no caso, descumprindo o que estabelece a Emenda 120, por meio de manobras jurídicas. 

Se os agentes aceitassem a inescrupulosa proposta, as duas categorias continuariam recebendo abaixo do que estabelece a norma aprovada em Brasília. Embora o salário bruto fosse dentro dos 2 salários mínimos, a proposta não garante o pagamento do novo Piso Nacional. Veja que esse tipo de manobra não irá se constituir um caso isolado, ou seja, outros maus administradores públicos municipais porão usar do mesmo expediente para não pagar o salário base como realmente se deve. 
-
-

A Bahia é um dos piores estados do país, se não o pior, para os agentes de saúde. O Governo Estadual não trabalha para que os direitos dos ACS/ACE sejam respeitados. Recentemente publicamos o caso do município em que a esposa do vice-prefeito agrediu a uma agente comunitário de saúde. Ao avaliar a situação do município, notamos que a categoria dele não tem os seus direitos respeitados, assim como ocorre em muitas cidades baianas. 

Infelizmente a triste realidade dos ACS/ACE da Bahia não se limita apenas ao referido estado. Em vários outros estados os agentes são tratados com indiferença, desprezo, sem o mínimo de dignidade. Essa situação não prejudica apenas aos agentes, que são vítimas dos maus gestores, mas, a toda a população, que deixa de receber um atendimento de excelência em qualidade como consequência dos abusos impostos por prefeitos e secretários de saúde.
-
-
Como reagir aos abusos dos prefeitos
Ao longo dos meses, logo após a aprovação da EC 120, uma série de matéria foram publicadas com o objetivo de instruir aos ACS e ACE de como proceder, diante de abusos cometidos por maus gestores. Saiba mais no Canal Te Respondo.

Assistam ao vídeo com algumas orientações da presidente da Confederação


Envie informações de sua categoria, em sua cidade à redação do JASB por e-mail: agentesdesaude(sem spam) @gmail.com ou por meio dos formulários de conato da página.

 Receba notícias direto no celular  entrando nos nossos grupos. Clique na opção preferida:
 WhatsApp , Telegram   Facebook  ou Inscreva-se no canal do  JASB no YouTube 


Autorizada a reprodução, desde que a fonte seja citada com o link da matéria.


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil precisa de você para continuar marcando ponto na vida da categoria. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 
-
-

Prefeitos que se negarem a pagar os R$ 2.424 e retroativos, pode sofrer improbidade administrativa e até ser presos.

        O pagamento dos 2 salários mínimos como Piso Nacional dos agentes comunitários e de endemias é garantido por Emenda Constitucional.  —  Foto/Reprodução.
 
Os prefeitos que se negarem a realizar o pagamento dos 2 salários mínimos como vencimento base dos agentes comunitários e de endemias poderão responder  por improbidade administrativa e até ser presoVeja a matéria completa, aqui!

-
-
Confira qual será o valor do Piso Nacional dos Agentes de Saúde em 2023. 

        Estimativa de Piso Nacional dos agentes comunitários e de combate às endemias para 2023.  —  Foto/Reprodução.
     
O valor do salário mínimo em 2023 considera os dados macroeconômicos com o PIB, INPC, e o IPCA. Esses são os índices que medem a inflação. Veja a matéria completa, aqui!



Tecnologia do Blogger.