Header Ads


7 dicas para ajudar a reduzir o colesterol ruim

        Controlar o colesterol é fundamental.  —  Foto/Reprodução/FREEPIK.
 
7 dicas para ajudar a reduzir o colesterol ruim.
Publicado no JASB em 13.julho.2022. Atualizado em 16.julho.2022.     

Grupos no WhatsApp 7 maneiras de diminuir o colesterol e evitar problemas cardiovasculares.
-
-
Apesar de, em níveis controlados, ser importante para o bom funcionamento do corpo, o excesso de colesterol pode prejudicar a saúde.

O colesterol é uma gordura produzida pelo fígado e encontrada em alguns tipos de alimentos. Ele é fundamental para o bem-estar do organismo e a produção hormonal. No entanto, quando seus níveis passam do limite, problemas sérios de saúde, como doenças e complicações cardiovasculares, podem aparecer.

"Primeiro, é importante ressaltar que nem todo colesterol é igual. Temos, por exemplo, o colesterol HDL, considerado o bom colesterol, que, quando em excesso, é decomposto e removido do corpo. Já o colesterol LDL, conhecido como colesterol ruim, pode, quando em grandes quantidades, gerar o acúmulo de placas de gordura nas artérias, impedindo ou dificultando a passagem do sangue e levando a graves complicações, como AVC ou infarto", afirma o médico nutrólogo e cardiologista Dr. Juliano Burckhardt, membro Titular da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).
-
-

Por isso, separamos algumas dicas para evitar o acúmulo de "colesterol ruim" e evitar possíveis problemas cardiovasculares. Confira:

1 - Evite as gorduras não saudáveis. "A ingestão de frituras de imersão e carnes gordas, por exemplo, deve ser reduzida, pois não fazem bem para circulação, aumentando a quantidade de colesterol nas artérias e favorecendo a aterosclerose", alerta a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV).

2 - Cuidado com o excesso de açúcar.  "Conheça os ingredientes e leia atentamente os rótulos nutricionais. Fique longe de alimentos que contenham fontes ocultas de açúcar, como xarope de milho com alto teor de frutose e algumas dextrinas", recomenda o Dr. Burckhardt.
-
-
3 - Adicione boas fontes de gordura à dieta. "O azeite, a castanha, o abacate e os peixes, por exemplo, são ricos em gorduras benéficas para o organismo que favorecem o sistema circulatório e melhoram a qualidade de circulação, diminuindo o colesterol ruim e aumentando o colesterol bom", aconselha a Dra. Lamaita.

        Além das fibras, os fitosteróis também podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol, diz a Dra. Garcez.  —  Foto/Reprodução.

4 - Inclua as fibras na dieta. "Os alimentos ricos em fibras são capazes de sequestrar a gordura alimentar no intestino, assim diminuindo a absorção do colesterol, de gorduras e de açúcares", afirma a médica nutróloga Dra. Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).


5 - Aposte em alimentos que ajudem a reduzir o colesterol. Segundo a Dra. Garcez, além das fibras, os fitosteróis, que estão presentes no azeite de oliva, linhaça, nozes, castanhas, peixes de água fria, chocolate amargo e abacate, também podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol.
-
-
6 - Pratique atividades físicas. "Ser ativo por 30 minutos na maioria dos dias pode ajudar a reduzir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom", explica o Dr. Burckhardt.

7 - Desista de vez do cigarro. "A oxidação também leva a inflamações nas artérias que podem resultar na formação de placas de gordura, entupindo os vasos. Então o hábito de fumar é um dos mais nocivos para a saúde do coração", finaliza o cardiologista.

Redação SD

Envie informações de sua categoria, em sua cidade à redação do JASB por e-mail: agentesdesaude(sem spam) @gmail.com ou por meio dos formulários de conato da página.

 Receba notícias direto no celular  entrando nos nossos grupos. Clique na opção preferida:
 WhatsApp , Telegram   Facebook  ou Inscreva-se no canal do  JASB no YouTube 


Autorizada a reprodução, desde que a fonte seja citada com o link da matéria.


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil precisa de você para continuar marcando ponto na vida da categoria. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 
-
-

Prefeitos que se negarem a pagar os R$ 2.424 e retroativos, pode sofrer improbidade administrativa e até ser presos.

        O pagamento dos 2 salários mínimos como Piso Nacional dos agentes comunitários e de endemias é garantido por Emenda Constitucional.  —  Foto/Reprodução.
 
Os prefeitos que se negarem a realizar o pagamento dos 2 salários mínimos como vencimento base dos agentes comunitários e de endemias poderão responder  por improbidade administrativa e até ser presoVeja a matéria completa, aqui!

-
Confira qual será o valor do Piso Nacional dos Agentes de Saúde em 2023. 

        Estimativa de Piso Nacional dos agentes comunitários e de combate às endemias para 2023.  —  Foto/Reprodução.
     
O valor do salário mínimo em 2023 considera os dados macroeconômicos com o PIB, INPC, e o IPCA. Esses são os índices que medem a inflação. Veja a matéria completa, aqui!



Tecnologia do Blogger.