Header Ads


O que (não) comer durante a menstruação

       A alimentação saudável é fundamental para termos vida com qualidade.     —  Foto/Reprodução.
 
O que (não) comer durante a menstruação
Publicado no JASB em 09.junho.2022.    

Grupos no WhatsApp Devido às mudanças hormonais, durante a menstruação, muitas mulheres ficam ansiosas, irritadas, tensas e stressadas. Mudar os hábitos alimentares pode amenizar, e muito, os desconfortos causados pela menstruação.
-
-
Sugestão de produtos a ingerir durante a menstruação:

Iogurte
O iogurte possui cultivos vivos e activos de bactérias ideais para uma digestão saudável. Também é uma boa fonte de cálcio o que contribui para aliviar o mal-estar menstrual.

Água
O excesso da retenção de líquidos é uma das principais causas de sintomas como cólicas. Um dos melhores métodos para reduzir a retenção de líquidos é aumentar o consumo de água. Quando a mulher não bebi água suficiente, o seu corpo poderá compensar essa insuficiência mediante a retenção de líquidos adicionais.

Verduras
Os vegetais verdes são ricos em cálcio, potássio e magnésio, que aliviam e previnem as contracções que conduzem à cólica. Esses minerais podem acalmar e relaxar as emoções, diminuindo a irritação. Além disso, as verduras contêm uma boa quantidade de vitamina K, necessária para coagular o sangue e prevenir o sangramento excessivo.
-
-
Chá
O chá contêm manganês. Mas as mulheres devem evitar os chás que contêm cafeína. Por isso o chá de gengibre pode ser útil para aliviar as náuseas e a tensão abdominal. Por sua vez, o chá de camomila contém propriedades que aliviam os espasmos musculares e reduzem a tensão que pode conduzir à ansiedade e à irritabilidade.

Alimentos que devem ser evitados no período menstrual

Cafeína
A cafeína tende a deixar a mulher menstruada mais agitada, aumenta as probabilidades de cólicas, ansiedade, stress, dores de cabeça e nervosismo. Além disso, pode contribuir para que o ciclo menstrual se torne irregular. Isto porque a cafeína estreita os vasos sanguíneos e desidrata o corpo.

Fritos
Os alimentos ricos em gordura como produtos lácteos integrais, alimentos fritos e óleos aumentam os níveis de estrogénio, o que aumenta a contracção uterina, segundo os especialistas. Manter os níveis de estrogénio estáveis significa que as mudanças no útero não serão extremas, o que reduzirá as cólicas e a dor.
-
-
Açúcar
Os bolos, doces, cereais para o café da manhã e farinha branca são alguns dos produtos que o corpo converte rapidamente em açúcar, por isso, é importante limitar o consumo desses alimentos. Os açúcares refinados podem aumentar e bloquear o açúcar no sangue, fazendo com que a mulher fique de mau humor.

Alimentos processados
Limitar o consumo de sódio reduz a retenção de líquidos e o inchaço. O melhor é evitar alimentos enlatados e processados, como a mistura de bolos e produtos com queijo, molho de soja e qualquer alimento que contenha 200 mg ou mais de sódio por porção.

LEIA TAMBÉM:

 Receba notícias direto no celular  entrando nos nossos grupos. Clique na opção preferida:
 WhatsApp , Telegram   Facebook  ou Inscreva-se no canal do  JASB no YouTube 



JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
O jornalismo do JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil precisa de você para continuar marcando ponto na vida da categoria. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 
-
-

Pagamento do Piso: Confira a lista das cidades que já se comprometeram a pagar os R$ 2.424. 

        Confira a primeira lista nacional das cidades que já pagam ou formalizaram o pagamento do novo Piso Nacional dos ACS e ACE.     —  Foto/Reprodução.
 
Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias vivem um momento singular, não apenas pela grande vitória estabelecida por meio da Emenda Constitucional 120/2022, que garantiu uma série de direitos, além dos 2 salários, mas, em face da aceitação por parte dos prefeitos que estão se antecipando ao repasse do Governo Federal e pagando o novo piso à duas categorias. Confira a lista das cidades que já pagaram e as que se comprometeram em pagar, aqui!
-
-
Confederação de Municípios diz que pagamento do Piso deve ocorrer após nova Portaria.

        Paulo Ziulkoski, presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).   —  Foto: Clauber Cleber Caetano/PR.
 
O pagamento do piso de agentes comunitários de saúde só deve ocorrer após edição de nova portaria; orienta CNM - Confederação Nacional de Municípios.

-
Conteúdo relacionado:


Tecnologia do Blogger.