Header Ads


São Gonçalo retoma vacinação contra covid-19 nesta quarta-feira

     Município segue imunizando população a partir de 12 anos.  —  Foto: Reprodução.
 
São Gonçalo retoma vacinação contra covid-19 nesta quarta-feira
Publicado no JASB em 03.novembro.2021.  

Camisas para ACS/ACE Após o descanso dos feriados do Servidor Público e de Finados, São Gonçalo volta a vacinar todos os gonçalenses com mais de 12 anos nesta quarta-feira (3). Estão disponíveis vacinas para a primeira e segunda doses, assim como as de reforço e adicionais. A segunda dose da Astrazeneca e Pfizer está sendo aplicada naqueles que tomaram a primeira dose até o dia 8 de setembro ou que estejam com 56 dias de intervalo. O tempo de intervalo foi reduzido de 12 para oito semanas por determinação do Ministério da Saúde. Onze pontos de vacinação atendem das 8h às 17h. As Clínicas Gonçalenses do Mutondo e Dr. Zerbini, no Arsenal, funcionam das 8h às 21h.


A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil vacina todos os moradores com mais de 12 anos com a primeira dose. Idosos e profissionais de saúde com mais de seis meses de intervalo da segunda dose e os imunossuprimidos com mais de 28 dias de intervalo da segunda dose podem tomar as doses de reforço e adicional, respectivamente.
-
-
Para a aplicação da primeira dose, as pessoas com mais de 18 anos precisam levar carteira de vacinação e cartão do SUS ou CPF. Os menores de 18 anos devem apresentar caderneta de vacinação, cartão do SUS ou CPF, identidade e ir acompanhado de uma pessoa responsável com mais de 18 anos. A Secretaria está realizando o intercâmbio de vacinas na segunda dose, dependendo da necessidade e doses disponíveis em cada local de vacinação. As doses de reforço e adicional são feitas com a Pfizer.

Para a segunda dose, é obrigatório apresentar documento de identidade e o comprovante de vacinação da primeira dose. Para a dose de reforço dos idosos é necessário levar identidade e comprovante de segunda dose. Para a dose adicional dos imunossuprimidos, o comprovante da segunda dose aplicada, identidade e o comprovante/laudo da doença imunossupressora. E os profissionais de saúde devem apresentar identidade, comprovante de segunda dose e documento do conselho ao qual pertence.


Os profissionais de saúde que estão aptos para a dose de reforço são: enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem, médico, fisioterapeuta, nutricionista, odontólogo, fonoaudiólogo, psicólogo, biólogo, farmacêutico, assistente social, biomédico, auxiliar e técnico de saúde bucal, profissional de Educação Física, agente comunitário de saúde, agente de combate às endemias, profissional da vigilância em saúde, trabalhador de apoio: recepcionista, segurança, trabalhador da limpeza, cozinheiro e auxiliar, motorista de ambulância, gestor e outros. Inclui-se, ainda, aqueles trabalhadores que atuam em cuidados domiciliares que atuam em programas ou serviços de atendimento domiciliar como, por exemplo, cuidadores de idosos, doulas e parteiras.
-
-
Balanço – Desde o início da campanha, a cidade vacinou 730.924 pessoas com a primeira dose ou dose única. Destas, 22.255 receberam a vacina da Janssen. Ao todo, 32.623 trabalhadores da saúde, 137.822 idosos com mais de 60 anos, 1.765 funcionários e pessoas em Instituições de Longa Permanência (Ilpis), 105 pessoas de residências terapêuticas, dois indígenas, 84.976 pessoas com comorbidades, 1.357 pessoas com deficiência permanente, 8.282 trabalhadores da educação, 383 trabalhadores das forças de segurança e salvamento, 2.954 acamados, 384.456 pessoas da população em geral com mais de 18 anos, 3.862 pessoas privadas de liberdade, 270 pessoas em situação de rua, 311 portuários, 62.168 adolescentes entre 12 e 17 anos e 9.588 gestantes, puérperas e lactantes foram vacinados. Ao todo, 540.079 pessoas foram imunizadas com a segunda dose, 27.625 idosos, 628 imunossuprimidos, 290 acamados e 5.112 profissionais de saúde tomaram a dose de reforço ou adicional.


Locais de vacinação

– Polo Sanitário Dr. Washington Luiz, Zé Garoto

– Salão do Clube Mauá, Centro

– Umpa Nova Cidade

– Clínica Gonçalense do Mutondo

– Polo Sanitário Dr. Hélio Cruz, Alcântara

– Clínica da Família Dr. Zerbini, Arsenal

– Polo Sanitário Rio do Ouro

– PAM Coelho

– Cras Vista Alegre

– PAM Neves

– Umpa Pacheco

– Polo Sanitário Paulo Marques Rangel, Portão do Rosa

– Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima, Jardim Catarina

Ponto com drive thru

– Campo do Clube Mauá, Centro


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Inscreva-se no canal do JASB no YouTubeWhatsAppTelegram ou Facebook.



ACS/ACE de todos os estados brasileiros reagem nas Redes Sociais contra a tentativa de sabotagem do Reajuste do Piso Nacional

     Várias lideranças estão em Brasília, algumas para defender a PEC 22 e outras para defender a nova PEC, a 14.  —  Foto: Reprodução.
 
Os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate a endemias dos mais diversos recantos do Brasil, em face da matéria publicada ontem (1º/11), sob o título: "Urgente: Sabotagem contra o Reajuste do Piso Nacional poderá deixar os ACS/ACE sem reajuste," manifestaram-se indignados. Nas Redes Sociais, principalmente por meio do WhatsApp e Facebook. O tema ficou em evidência em grupos de praticamente todos os estados brasileiros.  Veja a matéria completa, aqui!


Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.