Header Ads


IstoÉ -"Surto de parada cardíaca" no esporte? Jogador de 21 anos caiu morto no meio do jogo.

        Alexandros Lampis, de 21 anos, sofreu uma parada cardíaca durante uma partida e não resistiu.     —  Foto/Reprodução.
 
IstoÉ -"Surto de parada cardíaca" no esporte? Jogador de 21 anos caiu morto no meio do jogo.
Publicado no JASB em 03.fevereiro.2022.  Atualizado em 1º.fevereiro.2022. Atualizado em em 09.fevereiro.2022.  

Grupos WhatsApp | Atleta do Ilioupoli, da terceira divisão da Grécia, Alexandros Lampis, de 21 anos, sofreu uma parada cardíaca durante uma partida e não resistiu. No jogo disputado pelo jogador não havia a presença de uma ambulância e nem mesmo um desfibrilador.
-
-
De acordo com a imprensa local, Alexandros não tinha como ser ressuscitado, pois não havia desfibrilador e a ambulância demorou 20 minutos para chegar ao estádio.

“Nosso Aleko, nosso amigo, nosso irmão, você partiu tão injustamente. Toda a equipe, toda a cidade está de luto hoje. As palavras não saem… apenas uma dor insuportável e um nó no estômago”, lamentou o Ilioupoli.



Morre jogador brasileiro de 24 anos, que sofreu parada cardíaca durante partida

        Alex Apolinário, 24, caiu desacordado no gramado no domingo (3), em jogo da 3ª divisão.     —  Foto/Reprodução.

O jogador brasileiro Alex Apolinário não resistiu à parada cardiorrespiratória que sofreu no último domingo (3/01) e faleceu no dia 8/01, em Portugal. O meia, de 24 anos, defendia o clube português Alverca, que publicou uma nota no Instagram comunicando a morte cerebral do atleta.

"Com profundo pesar comunicamos, de acordo com as informações prestadas pelo corpo médico do Hospital de Vila Franca de Xira, o falecimento por morte cerebral do nosso atleta Alex Sandro dos Santos Apolinário, esta manhã.O FC Alverca Futebol SAD prestará todo o apoio necessário a seus familiares. Neste momento de luto todas as atividades do FC Alverca estão canceladas", disse o clube português.
-
-
O jogador teve a parada cardíaca aos 27 minutos da primeira etapa do duelo entre  Alverca e UFC Almerim, domingo passado. Ele chegou a ser reanimado com ajuda de um desfribilador, e depois foi encaminhado pelos bombeiros ao hospital local. 


Preto (SP), Alex Natural de Ribeirão Apolinário chegou ao Alverca, clube da terceira divisão do Campeonato Português, no início de 2019. No Brasil, teve passagens por Cruzeiro, último clube que atuou no país, Botafogo-SP e Athletico-PR. Pelas redes sociais, os clubes prestaram homenagens ao jogador.

"O FC Alverca Futebol SAD prestará todo o apoio necessário a seus familiares. Neste momento de luto todas as atividades do FC Alverca estão canceladas", disse o clube em nota. 
-
-

Alex atuava pelo Alverca desde o início de 2019, quando se transferiu para o futebol português. Antes disso, no Brasil, defendeu Botafogo de Ribeirão Preto, Cruzeiro e Athletico. 

O Cruzeiro também manifestou pesar pela morte do jogador. "Desejamos força e serenidade à família e aos amigos de Alex neste momento delicado."

O Athletico lembrou que Alex fez parte do elenco campeão estadual em 2018. "Recebemos com profunda tristeza a notícia do falecimento de Alex Apolinário, campeão do Paranaense de 2018. Nossos sentimentos a todos os amigos e familiares neste momento difícil."

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil. com informações da Agência Brasil e IstoÉ.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui! 

Próximo passo: Com a aprovação do Reajuste do Piso Nacional os Agentes Comunitários e de endemias devem se articular.

      Com a aprovação dos R$ 1.750 do Reajuste do Piso Nacional, os Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias precisam se organizar para regulamentar em seus municípios  —  Foto: Reprodução.
 
A batalha em Brasília foi grande, nas redes sociais também, mas, chegou a hora de se organizar para garantir o reajuste dos R$ 1.750 nas bases, nos municípios. Não há o que temer, já fizemos isso antes, inclusive, com o reajuste escalonado, lembra?

-
-
Agente de saúde que usa carro próprio em serviço terá R$ 1 mil por mês

        Em média, os vencimentos variam entre R$ 1.700 e R$ 3.400. Por mês, cada servidor precisa visitar, aproximadamente, 750 pessoas.    —  Foto/Reprodução/Hugo Barreto.
 
Até então, servidores ganhavam R$ 420 ao mês como indenização. A partir de janeiro, este valor vai a R$ 700 e, em julho, R$ 1 mil. Veja a matéria completa, aqui!

VEJA TAMBÉM:
-
-
Conteúdo relacionado:

Tecnologia do Blogger.