Header Ads


Mãe solo detida por furtar carne ganha R$ 45 mil em campanha

    Paloma foi detida por furtar carne em supermercado e campanha arrecadou R$ 45 mil para ela.  —  Foto: Reprodução.
 
Mãe solo detida por furtar carne ganha R$ 45 mil em campanha
Publicado no JASB em 09.outubro.2021.  

Agentes de Saúde Claro que roubar é crime, mas a história desta mãe solo, que foi detida por furtar carne em um supermercado do Rio de Janeiro, despertou a empatia do brasileiro.

Ela foi condenada a pagar R$ 500 em cinco parcelas e a primeira venceria neste domingo, 10.

Para ajuda-la a pagar, o advogado dela abriu uma campanha nas redes sociais e o resultado foi incrível: mais de R$ 45 mil foram arrecadados.

A história

Paloma da Silva Santos tem 19 anos, está desempregada e é mãe solo do Pierre, um bebê de oito meses.

Ela foi detida pela polícia por furtar peças de picanha de um supermercado em Manguinhos, zona norte do Rio de Janeiro.

Ela contou que pretendia revender a carne para conseguir dinheiro para comprar alimentos e pagar o aluguel atrasado.

Paloma foi julgada e condenada pelo TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) a pagar R$ 500, em cinco parcelas.


Ajuda do advogado

O advogado Joel Luiz Costa, que acompanha o caso, decidiu ajuda a mãe solo a pagar a dívida.



   Auto de apresentação de Paloma.  —  Foto: Reprodução.

Ele divulgou uma chave Pix nas redes sociais para arrecadar o dinheiro e se surpreendeu com o resultado.

A campanha virtual superou as expectativas e ultrapassou R$ 45 mil.


Eu não sei nem como agradecer, mas obrigado por nos ajudarem a mudar a vida de uma família preta!”, comemorou o defensor no Twitter.

Por Rinaldo de Oliveira
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado! Veja como doar aqui!

Confira os preços baixos de nossa loja, aqui!

VEJA TAMBÉM:


Escola no RJ alerta pais sobre a série da Netflix ‘Round 6’; LEIA CARTA NA ÍNTEGRA

     Round 6 tem classificação indicativa de 16 anos, porém, crianças de 7 e 8 anos tem acompanhado a série.  —  Foto: Reprodução.
 
Agentes de Saúde A direção da Escola Aladdin, no Pechincha, zona oeste do Rio de Janeiro, enviou a pais e responsáveis uma carta sobre preocupações a respeito da série coreana Round 6, da Netflix. O conteúdo viralizou em grupos de WhatsApp... Veja a matéria completa, aqui!


FNARAS e CONACS em Brasília: Somente a união em defesa dos direitos dos ACS/ACE trará a vitória 

     Palestra educativa iniciou a programação da campanha no município.  —  Foto: Reprodução.

Agentes de Saúde | Puxada pela CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, cuja proposta inicial de mobilização nacional com manifestação em Brasília, foi amplamente questionada nas m´dias sociais, a Associação Fnaras também aderiu ao movimento no Distrito Federal. E como fica a Federalização?

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.