Header Ads


Doenças do trabalho e quais os direitos dos Agentes Comunitário e de Endemias.

        Doenças do trabalho e os direitos dos Agentes Comunitário e de Endemias.   —  Foto/Reprodução.

Doenças do trabalho e quais os direitos dos Agentes Comunitário e de Endemias.
Publicado no JASB em 11.julho.2024. Atualizado em 20.julho.2024.

Grupos no WhatsApp Nessa matéria, produzida pela Suzana Pioilieititio Miailiuif, especialista em direito previdenciário, benefícios sociais e aposentadorias, trataremos sobre os direitos dos Agentes Comunitário de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Confira a matéria com edição do editorial JASB.
-
-
Capacidade de trabalho diminuída 

Se a incapacidade diminuiu a sua capacidade de trabalho ou se você teve sequelas e danos maiores por causa da doença, você ACS ou ACE, é um dever seu pedir uma compensação da prefeitura (ou contratante, no caso dos agentes que são contratados).

Direitos especiais

Você desenvolveu algum problema de saúde e desconfia que seja causa direta do tipo de trabalho que você exerce? Então saiba que pode ser considerada uma doença ocupacional e você tem direitos especiais por isso.

Contexto geral 

Em 2022, cerca de 2,3 milhões das causas de afastamento do INSS foram feitas por conta de doença ocupacional e doença do trabalho. Portanto, isso só mostra a importância de cada vez mais as empresas reforçarem a saúde dentro do ambiente de trabalho, oferecendo condições adequadas.

Direitos previdenciários e trabalhistas

Para aqueles que desenvolvem doenças e esta tenha comprovadamente relação com o trabalho, existem direitos previdenciários e trabalhistas que devem ser exercidos. Como é o caso de receber o auxílio-doença acidentário, aposentadoria por invalidez ou até mesmo indenizações vitalícias a depender da situação.
-
-
Confira a seguir no texto como identificar que a doença desenvolvida é ocupacional e o que fazer para garantir seus direitos. Boa leitura, ACS e ACE!

Saiba o que é uma doença ocupacional

A doença ocupacional é qualquer problema de saúde desenvolvido pelo trabalhador/a, que tenha causado direta ou indireta como tipo de atividade exercida.

Isso quer dizer que não se trata apenas de uma condição médica, mas sim de um fator que está intimamente ligado à rotina do/a trabalhador/a.

Responsabilidade da prefeitura em favor dos ACS/ACE

É responsabilidade da prefeitura oferecer um ambiente propício e saudável para o agente desempenhar as suas atividades. Quando isso não acontece, o/a servidor/a pode acabar desencadeando uma doença ocupacional.

Enfermidades típicas do trabalho dos ACS

Esta pode ser uma doença típica de trabalho em contato direto com agentes nocivos. Como é o caso de doença pulmonar, tuberculose, hanseníase, Covid-19 etc., por exemplo. No caso dos ACE, há diversas enfermidades que podem ser adquiridas no trabalho de campo.
-
-
Condições de trabalho estressante

Mas, a doença ocupacional também pode ser desenvolvida a partir de condições estressantes da rotina do trabalhador. Como o caso de profissionais com LER/DORT, ou seja, doenças causadas pelo esforço repetitivo. Até mesmo trabalhadores que adquirem uma Síndrome do Burnout ou outras doenças psicossociais.

Confira a seguir uma lista com alguns exemplos de doenças consideradas ocupacionais.

Exemplos de doenças ocupacionais que podem prejudica aos ACS/ACE ou qualquer outros trabalhadores:

—  Problemas na coluna em decorrência do carregamento de peso excessivo;

— Doenças respiratórias como asma ocupacional ou antracose pulmonar que acometem trabalhadores que exercem sua atividade em condições de sujeira ou em contato direto com resíduos de máquinas ou produtos nocivos;

— Doenças psicossociais desenvolvidas a partir de um ambiente estressante e desgastante; 

—  Neste caso, são as doenças de burnout, ansiedade, depressão, dentre outras;

—  Cegueira e surdez podem ser resultado de atividades sem EPIs necessários.
-
-
Doenças agravadas

É importante saber também que as doenças agravadas por conta do trabalho também são consideradas como doença ocupacional, se comprovado na perícia médica.

Doenças que não podem ser consideradas ocupacionais

Existem também uma categoria de doenças que não são consideradas como doenças de trabalho. Isso porque elas são consideradas como de causa natural, não podendo ser associadas a doenças do trabalho. Confira quais são:

Doenças degenerativas: câncer, diabetes, esclerose múltipla, osteoartrose, osteoporose, degeneração dos discos vertebrais, hipertensão arterial, Mal de Alzheimer, Mal de Parkinson, Coreia de Huntington, entre outras.

Doenças inerentes a faixa etária: presbiacusia, a catarata, doenças reumáticas, Alzheimer, entre outras.

Doença que não incapacita o trabalhador: quedas, cortes, lesões sem gravidade, etc.

Doença endêmica adquirida por segurado habitante e não comprovada a relação com atividade laboral.
-
-
Quais os direitos de quem possui doença ocupacional

Se Agente de Saúde desenvolveu alguma doença e desconfia que tenha relação direta ou indireta ao tipo de trabalho que exerce, saiba que há direitos específicos.

No caso dos ACS/ACE regidos pela CLT (os não estatutários)

Isso porque, se o ACS ou ACE é contribuinte do INSS, é direito dele poder se afastar do trabalho para fazer o tratamento de forma adequada. E para isso, que o ACS ou ACE deve receber o auxílio-doença para garantir a sua subsistência durante o período de afastamento.

Confira a seguir quais os principais direitos de quem possui a doença ocupacional.

Auxílio-doença acidentário

O auxílio-doença acidentário é destinado aos beneficiários do INSS que precisarem de um período acima de 15 dias de afastamento do trabalho para o tratamento da doença.

Neste caso, quando identificado que a doença está incapacitando o Agente de Saúde (ACS ou ACE), é preciso abrir uma CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho). A prefeitura ou instituição contratante do Agente deve fazer isso até 1 dia útil após o comunicado do funcionário sobre a necessidade de afastamento.
-
-
Se a contratante não o fizer, o próprio funcionário pode preencher.

Pedido de auxílio-doença acidentário

Após comunicado, durante os 15 primeiros dias de afastamento, o funcionário receberá o salário da prefeitura ou instituição contratante. Porém, se for preciso um período maior do que este, então será necessário entrar com o pedido de auxílio-doença acidentário.

Pedido pelo aplicativo Meu INSS

O pedido pode ser feito através do aplicativo do Meu INSS. Após um breve cadastro, será preciso marcar a perícia médica do INSS.

Como proceder 

Durante a consulta, é indicado que Agente leve documentos que possam comprovar a causa da doença. Estes, devem comprovar a causa e a necessidade de um período de afastamento maior para tratamento. Como é o caso de laudos médicos, exames, relatórios, receituários, dentre outros.

Incapacidade de exercer as atividades 

É importante lembrar que para requerer esse benefício, o funcionário deve estar incapacitado de exercer suas atividades devido à doença.
-
-
Tempo de pagamento do auxílio-doença

O tempo de pagamento do auxílio-doença acidentário vai depender da recuperação do trabalhador. Porém, normalmente vai até 120 dias após o dia de aprovação do pedido. Se o beneficiário precisar de um tempo maior, esse poderá ser estendido após uma nova perícia médica.

Estabilidade

Uma vez o funcionário ter se recuperado e já estar apto a retornar às atividades, este terá uma estabilidade de até 12 meses. Isto quer dizer, o Agente Comunitário de Saúde ou Agente de Combate às Endemias reintegrado, não pode ser demitido sem justa causa.

Retorno ao trabalho com todos os seus direitos 

Caso a prefeitura ou instituição contratante não cumpra com essa norma, o trabalhador deve procurar um advogado trabalhista. Assim, ele poderá solicitar na Justiça o seu retorno ao trabalho com todos os seus direitos garantidos.

Indenização

O Agente de Saúde que tiver a sua doença ocupacional comprovada, poderá pedir indenizações por danos materiais, morais e estéticos. 
-
-
Saiba como funcionam:

Danos materiais: gastos em medicamentos, internações, exames, tratamentos médicos, manutenção de plano de saúde, tickets alimentação, além de garantir o recolhimento do FGTS durante o período de afastamento;

Danos morais: caso o funcionário não se recupere mais, é possível pedir uma pensão vitalícia como compensação pela impossibilidade de retornar ao seu trabalho e melhorar suas condições de vida;

Danos estéticos: se o trabalhador tiver sequelas, cicatrizes ou queimaduras que prejudicam a autoestima ou funcionalidade de membros, também é possível pedir na Justiça uma indenização por danos estéticos.

Auxílio acidente

Também considerado como outro benefício do INSS e Previdência, o auxílio-acidente. Este é destinado aos trabalhadores que tiverem sua capacidade reduzida por conta de uma doença ocupacional ou acidente do trabalho.

Neste caso, são sequelas que comprometem o desempenho total do funcionário, diminuindo sua capacidade quando comparado ao período antes da doença.
-
-
Dessa forma, o ACS ou ACE recebe o benefício até se aposentar.

Aposentadoria integral

Para aqueles que não conseguirem se recuperar, é possível se aposentar por invalidez. Neste caso, o funcionário deve comprovar a incapacidade para o trabalho em qualquer atividade, não apenas na sua área.

Sem chance de recuperação 

Portanto, esse é um benefício para os trabalhadores que não possuem nenhuma chance de recuperação para retorno ao trabalho. Dessa forma, ele receberá a média de todos os salários de contribuição de forma integral.

Para esse tipo de aposentadoria, o trabalhador não precisará cumprir com o período de carência. Isto quer dizer, não é necessário ter contribuído um mínimo para o INSS ou Previdência (quanto a esta última, há de se analisar algumas peculiaridades contratuais). Basta que ele tenha a qualidade de segurado.

O que fazer após comprovada a doença

Se você desenvolveu uma doença ocupacional, e essa foi comprovada na perícia médica do INSS ou previdência (para o caso do agente ser servidor público estatutários), então o primeiro passo é pedir pelo auxílio.
-
-
Aposentadoria por invalidez

Após receber o auxílio, se houver uma incapacidade laboral, então é seu direito solicitar a aposentadoria por invalidez.

Como você viu nos tópicos anteriores, caso você sinta que seus direitos foram feridos ou que você teve prejuízos, então é possível pedir indenizações.

É importante lembrar que a causa da doença é responsabilidade da prefeitura ou instituição contratante do ACS/ACE, que deve oferecer as condições necessárias aos profissionais.

Portanto, se a incapacidade diminuiu a capacidade de trabalho do ACS/ACE ou se o servidor teve sequelas e danos maiores por causa da doença, é um dever do agente pedir uma compensação da prefeitura ou instituição contratante (se o servidor for celetista).

Por  Suzana Pioilieititio  Miailiuif
Especialista em direito previdenciário, benefícios sociais e aposentadorias.


As informações são do Suzana Pioilieititio  Miailiuif.
--
- 4
Edição Geral: JASB.

Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.

 Receba notícias direto no celular  inscrevendo-se no canal do  JASB no YouTube 


****************************************************
Agente de saúde denuncia ter sido estuprada por médico durante consulta na BA; suspeito tem denúncias de importunação sexual
        Caso aconteceu em clínica de Itabuna. Duas denúncias anteriores foram feitas em 2023.   —  Foto/Reprodução/ / SSP-BA.

Publicado no JASB em 10.julho.2024. Atualizado em 11.julho.2024.

Caso é investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Itabuna.
-
-
A 3ª denúncia contra o mesmo profissional

Uma agente de saúde denunciou ter sido abusada sexualmente durante uma consulta médica em Itabuna, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu na terça-feira (9) e essa é a terceira denúncia contra o mesmo profissional, que é oncologista, hematologista e empresário.

Vítima faz parte do SINDIACS/ACE

O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (SINDIACS/ACE), do qual a vítima faz parte, identificou o médico como Antônio Mangabeira Franca. A TV Santa Cruz, afiliada da TV Bahia em Itabuna, não conseguiu contato com o suspeito.

Onde o abuso aconteceu

A clínica ONCOSUL, onde o abuso aconteceu, informou que no momento oportuno o setor jurídico da empresa vai se manifestar sobre o assunto.

Toques e beijos

De acordo com a vítima, Romilda Jesus da Silva, o médico foi procurado para investigar seu desconforto no estômago e tonturas frequentes. Na segunda consulta, ela passou mal e teve a sensação de "algo diferente", como toques e beijos.
-
-
O jaleco do médico sujo de batom

"Eu também vi o jaleco dele melado de batom, mas achei que, por estar tonta, era coisa da minha cabeça", disse.

Toques nos seios e parte íntima 

Na terceira consulta, ocorrida na terça-feira, ela confirmou o abuso sexual. Segundo Romilda, o médico tocou nos seus seios e parte íntima, e também a beijou.

"Eu percebi que era um abuso, que eu estava sendo abusada", relatou.

Investigação da Polícia Civil 

Ao sair da clínica, Romilda foi até a Deam de Itabuna e registrou a queixa. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade como estupro. De acordo com a Polícia Civil, existem outras duas denúncias contra o suspeito:

 —  importunação sexual registrada em 6 de julho de 2023;

 —  importunação sexual registrada em 15 de setembro de 2023.
-
-
Segundo caso

Uma das vítimas é a empresária Carlessandra Dias Pereira, que procurou o médico no ano passado, após sofrer uma perda gestacional. Durante a consulta, o profissional tocou nas partes íntimas da empresária de uma forma que a deixou desconfortável.

Veio por trás, abraçou, apalpou a virilha e se encostou

"Como ele é médico, pensei que fosse um exame de rotina. Só percebi que foi uma importunação sexual quando ele pediu para ficar de pé e abrir os braços. Ele veio por trás, me abraçou, apalpou minha virilha e ficou se encostando em mim. Fiquei sem reação", relembrou.

Os casos são investigados pela Polícia Civil da cidade.

Agente de saúde denuncia ter sido vítima de estupro no sul da Bahia.

FEDACSE/BA: emite Nota de Repúdio ao médico acusado de abusar sexualmente de uma ACS. 

        FEDACSE/BA manifesta-se em defesa da Agentes Comunitários.   —  Foto/Reprodução.

O Editorial JASB tem realizado diversas denúncias contra atos de violência, praticados contra os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias dos mais diversos recantos do Brasil. Nesta publicação, estamos disponibilizando uma grande absurdo, que é o caso envolvendo abuso sexual contra uma ACS. 
-
-
NOTA DE REPÚDIO DA FEDACSE/BA

A Federação dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias do Estado da Bahia (FEDACSE/BA), vem a público expressar seu repúdio contra o médico Antônio Mangabeira Franca, acusado de abusar sexualmente de Romilda Souza de Jesus, Agentes Comunitários de Saúde de Itabuna, durante uma consulta.

Formas de violência

A FEDACSE condena todas as formas de violência contra as mulheres. Exigimos uma apuração criteriosa e rigorosa dos fatos denunciados, para que a justiça seja feita e tais crimes não fiquem impunes.

Manifestação de solidariedade 

Manifestamos nossa solidariedade a Romilda Souza de Jesus, oferecendo-lhe nosso apoio neste momento difícil. Que sua coragem em denunciar inspire outras mulheres a buscarem justiça.

Reiteramos nosso compromisso com a luta por uma sociedade mais justa e segura para todas as mulheres.

Feira de Santana, 10 de julho de 2024 

Zilar Portela - Presidenta FEDACSE/BA
--
-3 
Assista ao vídeo sobre o caso:


****************************************************
          Relatos de violência praticada contra Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Na foto, Polícia Militar de São Paulo.   —  Foto/Reprodução/Agência Brasil.

URGENTE: Cresce casos de violência contra Agente Comunitária e de Combate às Endemias.  
Publicado no JASB. Atualizado em 30.junho.202403.maio.2024.

Grupos no WhatsApp | Em face dos últimos acontecimentos de relatos de violência praticados contra Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, o editorial JASB deixa o alerta com registro de ocorrência envolvendo as duas categorias. O conhecimento de fatos possibilita a prevenção contra as situações registradas e que podem tornar a se repetir.  
-
-
URGENTE: Agente de Endemias é agredido a pauladas durante seu trabalho.
          Casos de violência praticados contra os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias se tornam cada vez mais comuns.   —  Foto/Reprodução.

Publicado no JASB em 30.junho.2024.

Grupos no WhatsApp | Nesta publicação e na que segue, apresentamos alguns relatos de violência praticados contra Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. O primeiro caso é do ACE que foi agredido a pauladas.
-
-
ACE é agredido a pauladas por morador de rua

Um homem em situação de rua agrediu um agente de endemias de Balneário Camboriú (SC), na quinta-feira (27), na Rua 620, próximo da Quarta Avenida, no Centro da cidade.

O agressor teria suspeitado da vítima

Segundo a Guarda Municipal, o agressor teria suspeitado que a vítima, um agente de endemias na Secretaria Municipal de Saúde de Balneário Camboriú, olhou para a companheira dele e a atacou fisicamente, causando lesões em sua perna esquerda. 

Danos morais, físicos e materiais 

Além disso, o agressor danificou o espelho retrovisor e o pneu traseiro da bicicleta utilizada pela vítima e proferiu palavras ofensivas como “vagabundo” e “fdp”. 

Agredido durante o trabalho

O agente de endemias atua no controle da Dengue e relatou os danos à bicicleta, pertencente à prefeitura, usada em suas fiscalizações. Na data em questão, estava se dirigindo a uma obra de construção civil para realizar mais uma inspeção. O morador de rua foi preso.

-
-
As informações são do Página 3.

Edição Geral: JASB.

Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.

****************************************************
A homenagem feita à Daniele Joana 

Daniele era Agente de Combate às Endemias, foi vítima da dengue e agora dá nome ao Setor de Vigilância Epidemiológica  (veja a matéria completa, mais abaixo).

Confira a primeira matéria:

Violência contra Agente Comunitária de Saúde resulta. Confira a lista de agentes vítimas de violência.
          Agente Comunitária de Saúde Janaína Santos Alves foi vítima de latrocínio.   —  Foto/Reprodução.

Publicado no JASB em 1º.maio.2024. 

Agente Comunitária de Saúde morre durante assalto na madrugada da última segunda-feira (29/04), em Juazeiro do Norte, no Estado do Ceará.  
-
-
Latrocínio contra ACS 

Um crime de latrocínio (assalto seguido de morte) foi registrado em Juazeiro do Norte, na última madrugada de segunda-feira (29).  Uma câmera de segurança registrou a ocorrência. 

A abordagem contra a ACS e sua filha

A Agente Comunitária de Saúde e a sua filha trafegavam em uma moto por volta das 5h, no bairro Jardim Gonzaga, quando foram abordadas por dois homens que pilotavam uma outra moto. 

Roubos 

Com arma em punho, o indivíduo que estava na garupa anunciou o assalto e roubou uma mochila e um capacete que estavam em posse das vítimas.

O momento do disparo contra a ACS

O vídeo mostra a ACS e a filha em uma motocicleta sendo abordada por dois elementos, também em uma moto. Durante a ação, os suspeitos levam a mochila e outros objetos. Na fuga, um deles atirou e atingiu a agente de saúde, que pilotava o veículo.
-
-
A Agente Comunitária Janaína Santos Alves, foi socorrida ao Hospital Regional do Cariri (HRC), contudo, momentos pós dar entrada na unidade, não resistiu.  

A  força tarefa para prender os criminosos

A Polícia Militar realizou uma força tarefa em Juazeiro do Norte em busca da dupla dos criminosos responsáveis pelo latrocínio realizado contra a Agente de Saúde. 

        Janaína Santos Alves, de 44 anos, morreu após ser baleada na frente da filha, durante um assalto em Juazeiro do Norte. — Foto: Reprodução.

Um suspeito, de 26 anos, foi preso, ainda na tarde de segunda-feira, conforme levantamento feito editorial do JASB com base em informações do Portal G1.

Ainda, segundo o Portal, o suspeito capturado seria o indivíduo que aparece no vídeo pilotando a moto. Ele foi encontrado no bairro Tiradentes, em Juazeiro do Norte, com a motocicleta usada no crime.
-
-
Manifestação de solidariedade

Manifestamos a nossa solidariedade aos parentes e amigos da Agente Comunitária de Saúde Janaína Santos Alves, que partiu precocemente e de forma tão absurda. 

NOTA DE PESAR DA PREFEITURA


A Prefeitura de Juazeiro do Norte manifesta profundo pesar pelo falecimento da servidora Janaína Santos Alves, ocorrido nessa segunda-feira, 29. Janaína atuava como Agente de Saúde na Equipe 44 do Triângulo.

Neste momento de tamanha dor, a gestão municipal se solidariza com amigos e familiares desejando conforto e alento pela sua perda.


-
-
****************************************************
URGENTE: Agente de Saúde sofre atentado e é socorrido as pressas.

          O diretor sindical Jorge de Piripá sofreu um atentado.   —  Foto/Reprodução.

Publicado no JASB em 26.abril.2024. 

Grupos no WhatsApp | No início da noite desta sexta-feira (26/04) o editoria do JASB recebeu o contato da diretora presidente da FNARAS, Marivalda Pereira Araújo, descrevendo um atentado a bala contra o Agente de Saúde e diretor sindical Jorge de Piripá.
-
-
Os fatos

O diretor sindical do sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias de Piripá - Bahia sofreu um atentado a tiros. E sem muitas informações, até que recebemos os destalhes descritos abaixo. Segundo a autoria das informações, nos foi dito que "existe fortes suspeitas de crime encomendado por motivação política sindical."

Denúncias contra a atual gestão

O agente Jorge  é conhecido pela sua atuação firme e pelas várias denúncias contra a atual gestão em sua cidade. Recentemente o sindicalista se lançou pré-candidato a vereador pela oposição. 

Em nota, a FNARAS descreveu:

Jorge, diretor sindical em Piripá (Bahia) e um dos maiores opositores e denunciantes dos maus feitos da gestão municipal, sofreu um atentado pelas costas na tarde de hoje (26/04). Jorge recentemente se lançou a pré-candidato a vereador pela oposição e conta com o total apoio da categoria. Piripá (BA) está localizado na região da Serra Geral, no centro sul baiano, possui mais de 9 mil habitantes e tem como atual prefeito Flávio Oliveira Rocha. Toda nossa solidariedade e desejo de rápida recuperação ao companheiro Jorge. Pedimos a toda a categoria que se una em uma corrente de oração pela vida do sindicalista Jorge de Piripá. 
-
-
Não nos calarão!  

Vamos fazer uma corrente de orações pela vida de Jorge e pedir justiça imediatamente, cobrando a prisão dos envolvido nesse crime bárbaro.

Jorge faz parte da base da FNARAS e sofreu atentado a tiro, sendo deflagado contra o servidor 6 tiros. 

Obs: temos as imagens de momentos após o sindicalista ser baleado. Não iremos publicar em virtude do quadro de violência apresentado. 


-
-
****************************************************

Agente de Saúde vítima da dengue é homenageada em município de São Paulo.

          Agente Daniele Joana Ramos Caçador da Silva foi homenageada, PL foi aprovado na Câmara Municipal.   —  Fotomontagem JASB/Reprodução.

Publicado no JASB em 07.abril.2024.  

Grupos no WhatsApp | Conforme matéria publicada pelo JASB, a Agente de Saúde Daniele Joana Ramos Caçador da Silva foi uma das agentes vítima da dengue. Após esta matéria, que aborda a homenagem feita à servidora, confira a matéria completa sobre o caso envolvendo a servidora. 
-
-
Uma perda precoce

Daniele Joana nos deixou aos 33 anos, vitimada pelos efeitos da dengue, conforme laudo do Instituto Adolf Lutz. Ela trabalhava incansavelmente na linha de frente contra as endemias, como um dos oito agentes designados para a Vigilância Epidemiológica. 

O enfrentamento do Aedes aegypti

A função primordial de Daniele era identificar e eliminar focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue e chikungunya.

Câmara Municipal aprovou PL que homenageia a ACE 

A Câmara Municipal de Bariri aprovou projeto de Lei na qual o setor de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura Municipal de Bariri passa a ser denominado "Vigilância Epidemiológica Daniele Joana Ramos Cassador". A homenagem foi sugerida pelos servidores municipais que atuam no setor e foi subscrita por todos os vereadores.

A perda e o desafio da Gestão do Município

A perda de Daniele, a primeira relacionada ao grave surto de dengue em nosso município em 2024, trouxe consternação à comunidade e colocou pressão sobre a gestão municipal para implementar medidas mais eficazes no combate à dengue.
-
-
O alerta para a importância do combate contra a dengue

O trágico falecimento de Daniele serve como alerta para a importância da mobilização contínua no combate à dengue. É essencial que a comunidade se una às autoridades locais para eliminar os focos de reprodução do mosquito transmissor e adote medidas preventivas em suas residências.

Confira a Lei aprovada em Homenagem a Daniele

-
-


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.
-
-
Edição Geral: JASB.

CANAIS ESPECIAIS DO JASB:

****************************************************
Agente de Saúde diretor do Sindsaúde está desaparecido desde segunda-feira, 4.
          Francisco Ednardo Pereira Silva, 49 anos de idade, era diretor do Sindsaúde.   —  Fotomontagem JASB/Reprodução.

Agente de Saúde diretor do Sindsaúde está desaparecido desde segunda-feira, 4.
Publicado no JASB em 08.março.2024. 

Grupos no WhatsApp | O Agente de Saúde Francisco Ednardo Pereira Silva, que estava desaparecido desde o início do mês, teve o corpo encontrado. 
-
-
Sinais de tortura

Segundo reportagem vinculada pelo Programa Cidade Alerta, da Record TV, o corpo do sindicalista do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará (Sindsaúde), foi encontrado com sinais de tortura. 

Desaparecido

Francisco Ednardo estava desaparecido desde segunda-feira, 4, por volta das  12 horas. Ele havia sido visto pela última vez no trabalho, no Posto de Saúde Joana Régis, em Redenção, a 62,7 km de Fortaleza.

Sindsaúde-Ceará havia informado o desaparecimento

O Sindsaúde havia informado em suas redes sociais o desaparecimento de Francisco Ednardo, inclusive, o editorial do JASB havia publicado uma matéria sobre o desaparecimento. 

O que se sabia sobre o desaparecimento

De acordo com o sindicato, Francisco, havia saiu do posto conduzindo o seu carro, de placa NUL6J47, com destino desconhecido. Ele, no entanto, não retornou para casa ou trabalho.
-
-
Francisco, além de Agente de Saúde era diretor do Sindsaúde, portanto, uma liderança que atuava na defesa dos direitos de sua categoria.

          Polícia Militar do Estado do Ceará.   —  Foto/Reprodução.

A polícia Militar encontrou o carro

Um Boletim de Ocorrência sobre o desaparecimento foi registrado, e o veículo da vítima foi localizado por uma composição da Polícia Militar na rua São José, no bairro Bandeirantes, em Maracanaú.

Nota da Secretaria da Segurança Pública 

Por ocasião do desaparecimento, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a "Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) seguia, de forma ininterrupta, com diligências e oitivas relacionadas ao desaparecimento".
-
-
Fim das buscas 

Apesar de toda a logística empregada para localizar o Agente  Francisco Ednardo Pereira Silva, ele não foi encontrado com vida. Além de tal fato, segundo informações que teriam sido vinculadas pelo Programa Cidade Alerta, o sindicalista foi encontrado com sinais de tortura, sem a cabeça e as mãos.

          Reportagem do Cidade Alerta transmitiu o drama vivido pela família de Francisco Ednardo Pereira Silva.   —  Foto/Reprodução/ Cidade Alerta, Record TV.

Nota do Sindsaúde-Ceará

É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento do Diretor do Sindsaúde Francisco Ednardo, que estava desaparecido na região do Maciço de Baturité nos últimos dias. Ednardo era Agente Comunitário de Saúde do Estado.

Expressamos nossas condolências à família, amigos e colegas, e compartilhamos o luto por essa perda.
-
-

Informações do BTE News

Segundo informações, o corpo do agente de saúde e presidente do Sindicato dos Trabalhadores foi encontrado na tarde desta sexta-feira na localidade de Freicheirinha, no município de Redenção.

Segundo Informações, populares observaram viárias aves da espécie urubus sobrevoando um determinado local e decidiram averiguar, quando se aproximar do local avistaram um corpo já em estado de decomposição.

Familiares de Ednardo foram até o local e reconheceram o corpo.
-
-
Ednardo estava desaparecido desde o dia 04/03 e, infelizmente, foi encontrado sem vida nesta tarde de sexta-feira.

A polícia militar segue na busca de informações que apontem possíveis suspeitos da morte de Ednardo.

Nossa página lamenta o trágico acontecimento e se solidariza profundamente com cada familiar de Ednardo nesse momento difícil e pede ao Senhor que conforte o coração de cada ente querido, amigo e parente.


Nas redes sociais

Nas redes sociais, sobretudo, no WhatsApp e Facebook, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias lamentam a morte do Agente Francisco Ednardo. Muitos agentes expressaram o desejo de que Deus conforte aos familiares, nesse momento de dor, em face da perda.


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.
-
-
Edição Geral: JASB.

CANAIS ESPECIAIS DO JASB:

****************************************************
Agente de Saúde diretor do Sindsaúde está desaparecido desde segunda-feira, 4.

          Francisco Ednardo Pereira Silva, diretor do Sindsaúde, está desaparecido.   —  Foto/Reprodução/Sindsaúde.

Publicado no JASB em 06.março.2024Atualizado em 07.março.2024.

Grupos no WhatsApp Francisco Ednardo foi visto pela última vez no Posto de Saúde Joana Régis, onde trabalha como agente de saúde.
-
-
Diretor do Sindsaúde desaparecido

Francisco Ednardo, diretor do Sindsaúde, está desaparecido desde segunda-feira, 4. Ele foi visto pela última vez no trabalho, um posto em Redenção.

Sindsaúde-Ceará informa o desaparecimento

O agente de saúde e diretor do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará (Sindsaúde), Francisco Ednardo Pereira Silva, está desaparecido desde às 12 horas dessa segunda-feira, 4. 

Visto pela última vez

Ele foi visto pela última vez no local de trabalho, no Posto de Saúde Joana Régis, em Redenção, a 62,7 km de Fortaleza.

Não retornou para casa ou trabalho

De acordo com o sindicato, Francisco, 49 anos, saiu do posto no carro dele, de placa NUL6J47, com destino desconhecido. Ele, no entanto, não retornou para casa ou trabalho.
-
-
Boletim de Ocorrência

Um Boletim de Ocorrência sobre o desaparecimento foi registrado, e o veículo da vítima foi localizado por uma composição da Polícia Militar na rua São José, no bairro Bandeirantes, em Maracanaú, por volta de 9h49min.

Sem informações da locação do Agente de Saúde 

O Sindsaúde não recebeu nenhuma outra informação sobre a localização do diretor e pede ajuda para encontrá-lo. As informações ao Sindicato podem ser repassadas pelo número (85) 9 8732 8816.

Nota da Secretaria da Segurança Pública

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a "Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) segue, de forma ininterrupta, com diligências e oitivas relacionadas ao desaparecimento".

Investigações

A Delegacia Municipal de Redenção está a cargo das investigações. A SSPDS reforça que outros detalhes serão preservados para não comprometer a investigação policial.
-
-
Canais para contato

A SSPDS reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações, com sigilo e anonimato garantidos.

Disque-Denúncia: 181

WhatsApp da SSPDS: (85) 3101 0181

Delegacia Municipal de Redenção: (85) 3332 2651

Chamada no Youtube:
 


As informações são de Gabriel Damasceno, O Povo e Sindsaúde-Ceará.

Edição Geral: JASB.
-
-
Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.


****************************************************

Agente de saúde e amigo são baleados enquanto conversavam e morrem

        Fábio Camilo da Silva (Agentes de Saúde) e o amigo Elenilson Santos Araújo.   —  Foto/Reprodução/Arquivo pessoal.
 
Publicado no JASB em 14.fevereiro.2024. Atualizado em 16.fevereiro.2024.            

Grupos no WhatsApp | Segundo informações levantadas pelo JASB, o G1 publicou que dois homens foram "eliminados" a tiros em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Uma das vítimas era Agente de Saúde. 
-
-
Disparos de pistola 380 milímetros

Segundo a matéria, o crime aconteceu na rua Bela Vista, Alto das Populares, e as vítimas foram assassinadas com tiros de pistola 380 milimetros.

Duplo homicídio

Um duplo homicídio foi registrado na noite de terça-feira (13) no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. O crime aconteceu na rua Bela Vista, Alto das Populares, e as vítimas foram assassinadas com tiros de pistola 380 milimetros.

Quem são as vítimas 

Os homens mortos foram identificados como sendo Fábio Camilo da Silva, de 43 anos, e Elenilson Santos Araújo, de 27 anos.

O Agente de saúde teve óbito imediato

O Agente de Saúde Fábio da Silva teve óbito imediatamente, após ser atingido, segundo o Portal G1. Já o amigo Elenilson Araújo, ainda recebeu  atendimento e foi conduzido até um hospital, contudo, ele não conseguiu resistiu aos ferimentos a bala e também faleceu.
-
-
Segunda tentativa de homicídio 

A Polícia Civil da Paraíba, que investiga o duplo homicídio, informou que o Agente de Saúde Fábio Camilo já havia sofrido uma tentativa de homicídio, há algum tempo atrás. Contudo, dessa vez o crime foi consumado.

        Central de Polícia de João Pessoa — Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba.

Queima de arquivo

Ainda não se sabe se Elenilson Santos, amigo do Agente, foi eliminado com a finalidade de queima de arquivo (situação quando os executores do crime eliminam a testemunho para evitar identificação dos mesmos). Os esclarecimentos sobre o caso se dará por meio das investigações policiais. 

A polícia quer saber qual a relação entre o agente e a outra vítima

As circunstâncias dos assassinatos ainda são desconhecidas e a polícia quer saber agora qual era a relação entre os dois homens.

Até o fechamento desta matéria, o JASB não obteve informações sobre a prisão de possível suspeito pelas execuções.



Fonte: JASB com informações do Portal da G1.

Edição Geral: JASB.
-
-
Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.


****************************************************

Mais uma Agente de Saúde falece suspeita de dengue hemorrágica e outros seguem internados. 

          Daniele Joana Ramos Caçador da Silva. — Foto/Reprodução/Arquivo Pessoal.
 
Publicado no JASB em 02.fevereiro.2023. Atualizado em 12.fevereiro.2024.            

Grupos no WhatsApp | No mês passado, noticiamos a trágica morte prematura de Ivone Maria Cavalcanti, uma dedicada agente de saúde de 39 anos da  cidade de  Mariluz (veja a matéria completa abaixo desta notícia). Dessa vez a vítima foi a agente Daniele Joana, de 33 anos.
-
-
Suspeita de dengue hemorrágica

Município de Bauru aguarda laudo do Instituto Adolf Lutz para confirmar morte por dengue hemorrágica.

A agente de saúde Daniele Joana Ramos Caçador da Silva, era uma dos oito agentes de combate a endemias que entram, casa a casa, para eliminar criadouros do mosquito. 

Daniele atuava entrando nas casas dos moradores de Bariri (SP) 

A funcionária da Vigilância Epidemiológica de Bariri, no interior de São Paulo, morreu com suspeita de dengue hemorrágica, na madrugada de quinta-feira (1º).

Atuação na linha de frente

Daniele Joana atuava na linha de frente do combate às endemias, com trabalho de identificação e eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e chikungunya.

A luta de Daniele pela vida

De acordo com a Secretaria de Saúde, a vítima deu entrada em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), na quarta-feira (31), com fortes dores abdominais. Devido à gravidade, ela foi transferida para a Santa Casa, onde ficou internada na UTI, mas não resistiu.
-
-
Choque hipotérmico e desidratação

Conforme atestado de óbito, Daniele morreu por dengue, choque hipotérmico e desidratação. 
Contudo, a morte é tratada como suspeita pois a Secretaria de Saúde aguarda o resultado do exame que será enviado ao Instituto Adolf Lutz, para confirmar a infecção pela doença.

Outros agentes de saúde internados 

Ainda de acordo com a pasta da saúde de Bariri, outro agente de saúde do município segue internado em estado grave na Santa Casa de Jaú (SP), também com dengue.

O sepultamento de Daniele 

Daniele foi sepultada às 11h de quinta-feira, na Necrópole Municipal de Bariri. Ela deixa marido e uma filha. O município decretou luto oficial por três dias.

Explosão de casos

A Prefeitura de Bariri decretou, nesta quinta-feira, situação de emergência em saúde pública devido ao alto número de casos de dengue. A cidade contabilizava, até quarta-feira (31), 492 casos e dois óbitos suspeitos em 2024.

Carnaval de 2024 foi cancelado no município

Segundo a prefeitura, em razão do aumento de casos de dengue, o carnaval de 2024 foi cancelado no município. A verba que seria utilizada para a festa será remanejada para trabalho de combate à dengue.
-
-
Prefeitura afirma que fará contratação em caráter emergencial

A prefeitura ainda afirma que fará a contratação, em caráter emergencial, de agentes para reforçar as visitas domiciliares para identificar e eliminar de focos do mosquito da dengue. No último fim de semana, os agentes de saúde realizaram visitas no Jardim Industrial e bairro do Livramento.

Nebulização de casas

Antes disso, os agentes estiveram na sexta-feira (26) fazendo nebulização nas proximidades da Avenida 16 de Junho, no Jardim Industrial, e seguem fazendo a nebulização nas proximidades de casas onde moram pessoas que positivaram para a dengue.

A colaboração dos moradores 

Nas duas situações, de visita casa a casa e de nebulização, a prefeitura orienta o morador a receber os agentes, abrindo as portas de sua residência, para que o trabalho seja concluído de forma eficaz.

O que é a dengue

Como saber se você está com dengue e se é grave.

A dengue faz parte de um grupo de doenças denominadas arboviroses. O vírus é transmitido pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti e possui quatro sorotipos diferentes: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4 — todos podem causar as diferentes formas da doença.
-
-
Todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis à doença, porém as pessoas mais velhas e aquelas que possuem doenças crônicas, como diabetes e hipertensão arterial, têm maior risco de evoluir para casos graves e outras complicações que podem levar à morte. Veja quais são os principais sintomas da dengue:

— Febre

— Dor no corpo e articulações

— Dor atrás dos olhos

— Mal-estar

— Falta de apetite

— Dor de cabeça

— Manchas vermelhas no corpo.

A forma mais grave da doença

Considerada a forma mais grave da doença, a dengue hemorrágica é mais comum quando a pessoa contrai a doença pela segunda vez. Além dos sintomas clássicos, pode haver dor de estômago, boca seca, manchas pelo corpo, sangue nas mucosas, nos olhos, na urina ou nas fezes.

-
-
As informações são do Portal do G1 Bauru e Marília.

Edição Geral: JASB.

Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.


****************************************************

Comoção nas Redes Sociais: Agente de saúde é vítima fatal de dengue em Mariluz.

          Ivone Maria Cavalcanti, Agente de Saúde. — Foto/Reprodução/GoioNews.
 
Publicado no JASB em 08.janeiro.2023. Atualizado em 10.janeiro.2023.          

Grupos no WhatsApp Assim que foi anunciada a morte de Ivone Cavalcanti uma grande comoção foi gerada na cidade de  Mariluz.
-
-
A  perda da Agente Ivone 

No cenário crítico de Mariluz, a notícia trágica da morte prematura de Ivone Maria Cavalcanti, uma dedicada agente de saúde de 39 anos da Prefeitura local, abala a comunidade. 

O falecimento da Agente

O falecimento ocorreu na madrugada de sexta-feira, 5 devido a complicações decorrentes da dengue, após dias de internação em um hospital de Umuarama. A comoção se espalha rapidamente, com centenas de manifestações nas redes sociais expressando pesar pela perda da profissional tão estimada.

Um estado de Calamidade Declarado

A cidade de Mariluz enfrenta uma crise significativa, com um aumento alarmante nos casos de dengue. O prefeito em exercício, Marcos Antônio Valério, tomou medidas enérgicas ao decretar estado de calamidade no município.

Combate à Dengue

Diante da grave situação, o prefeito destaca a realização de arrastões para a coleta de mais de 60 toneladas de lixo, removendo depósitos acumulados nos quintais. Além disso, a aplicação do fumacê em pontos críticos visa conter a proliferação do mosquito transmissor.
-
-
Obstáculos no combate à Dengue

O prefeito ressalta, contudo, desafios enfrentados na batalha contra a dengue. Em uma publicação nas redes sociais, ele aponta a escassez de inseticida necessário para a aplicação do fumacê em todos os pontos cruciais. O prefeito destaca que o fornecimento desse produto essencial é responsabilidade do Governo do Estado, e esforços estão sendo feitos para obter uma quantidade adequada.

Preocupações com a situação

Os moradores de Mariluz, em contato com o Goionews, expressam sua apreensão diante da situação crítica, intensificada pela trágica morte da agente de saúde Ivone Cavalcanti. 

          Prefeito Paulinho Alves. — Foto/Reprodução

Falta de consciência em relação à gravidade da doença

Uma moradora compartilha sua preocupação, revelando que em sua própria família, mais de dez casos de dengue foram registrados. Ela destaca a falta de consciência em relação à gravidade da doença, lembrando que a dengue não apenas afeta, mas pode levar à morte, e apela para a necessidade de eliminar criadouros e manter os quintais livres de acúmulos de lixo.
-
-
O combater a epidemia de dengue

Em meio à comoção e à urgência em combater a epidemia de dengue, a comunidade de Mariluz aguarda ansiosamente ações eficazes das autoridades para conter a propagação da doença e evitar mais perdas irreparáveis como a de Ivone Maria Cavalcanti.

Confira o Decreto da Prefeitura de Mariluz-PR:

-
-


Aos familiares, amigos e colegas de trabalho da agente Ivone Maria Cavalcanti, desejamos que nesse momento de profunda dor, em face do luto, conforto e força para ir em frente. 

As informações são do Portal da Goionews.

Edição Geral: JASB.

Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.

-
-
******************************************************************************************

Técnica em Agente comunitária de saúde morre após crise de ansiedade.

        Leidiana Vieira de Jesus dos Santos.   —  Foto/Reprodução.
 
Publicado no JASB  em 14.dezembro.2023. Atualizado em 10.janeiro.2024.             

Uma Técnica em Agente Comunitário de Saúde da cidade de Laje, no vale do Jiquiriçá, faleceu na quarta-feira (13). 
-
-
Infarto fulminante

Segundo informações, a causa da morte teria sido um infarto fulminante decorrente de uma crise de ansiedade.

Atuava na região do Riacho da Lama

Leidiana Vieira de Jesus dos Santos, de 39 anos, atuava na região do Riacho da Lama, na zona rural do município desde 2011. Ela chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus – HRSAJ, mas foi a óbito. O velório aconteceu no Cemitério Repouso da Saudade, em Laje o sepultamento ocorreu por volta das 17h.

A prefeitura de Laje emitiu uma nota lamentando o falecimento da servidora da Saúde.

“Assim nos unimos para prestar nossa solidariedade a todos os familiares neste momento de dor e piedade cristã, rogando a Deus que o acolha em seu lar celestial e que conforte os corações doloridos.” 

O que é crise de ansiedade

A crise de ansiedade é uma situação que causa grande sensação de angústia, nervosismo e insegurança, como se algo de muito mau fosse acontecer.
-
-
Os sintomas mais comuns de uma crise de ansiedade são: sensação incontrolável de que algo de mau vai acontecer, pensamentos irracionais, batimento cardíaco acelerado, formigamento no corpo, sensação de leveza na cabeça, dor no peito, transpiração excessiva, náuseas, tremores e sensação de falta de ar.

Quando uma crise de ansiedade se instala, o que se pode fazer é fechar os olhos e tentar respirar fundo e lentamente durante alguns minutos, até que os batimentos cardíacos e a respiração acalmem e normalizem.

Se estes sintomas se tornarem muito constantes, pode significar que se está sofrendo com um transtorno de ansiedade generalizada, que deve ser tratada adequadamente com sessões de psicoterapia e, em casos com sintomas muito intensos, uso de medicamentos.  

-
-
As informações são do Mídia Bahia

Publicação
JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil - www.jasb.com.br.

******************************************************************************************

Agentes Comunitários de Saúde vai à óbito após acidente.
        Os agentes comunitários de saúde encontrada sem vida no interior de sua residência. — Foto/Reprodução.
 
Publicado no JASB Atualizado em 15.maio.2023. Atualizado em 21.maio.2023.             

A Prefeitura de Vitória da Conquista manifestou profundo pesar pela morte da servidora Rosimeiry Silveira da Silva, de 53 anos, ocorrido na noite do último domingo (14), em um acidente.
-
-
Os fatos relacionados ao acidente que levou ao acidente fatal não foi divulgado. 

É muito triste que um dia de comemoração e alegria seja marcado de forma tão triste para os familiares e amigos Rosimeiry.  

A gestão municipal de Vitória da Conquista, além de manifestar o seu profundo pesar, também tornou notório o falecimento da  funcionária.

Conforme informações acessadas pelo JASB, Rosimeiry atuava como Agente Comunitária de Saúde há mais de 20 anos, era lotada na Diretoria de Atenção Básica e estava trabalhando na área da Unidade de Saúde da Família da Urbis V.

À família, amigos e colegas, a prefeita Sheila Lemos, o secretário municipal de saúde, Vinícius Rodrigues, e toda equipe da Secretaria Municipal de Saúde manifestaram pesar e solidariedade neste momento de dor.

Em solidariedade à família, nesta segunda-feira (15), não houve expediente na Unidade de Saúde onde a agente de saúde estava atuava.

A equipe do JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil manifesta o seu lamento, em face do acidente descrito acima. "Apesar da tragédia fatal que vitimou a ACS Rosimeiry Silveira da Silva, temos a certeza de que o seu legado continuará. Desejamos que o Senhor Jesus Cristo console aos familiares e amigos." 
-
-
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; João 11:25
******************************************************************************************

Agentes Comunitários de Saúde é encontrada sem vida.

        Os agentes comunitários de saúde encontrada sem vida no interior de sua residência. — Foto/Reprodução.
 
Publicado no JASB em 21.abril.2023. Atualizado em 08.maio.2023.             

Uma Agente Comunitária de Saúde foi encontrada sem vida no interior de sua residência, no início da madrugada da última  quarta-feira,19, no bairro Vila Nova, na cidade de Catarina (Ceará).

Segundo informações acessadas pelo editorial do JASB, trata-se da ACS Valéria Domingues Olinda. Dados que foram repassados à autoridade policial, no caso, à Polícia Militar, o filho da agente acionou o SAMU, depois de encontrá-la caída dentro do imóvel, onde residia.

Uma senhora que seria a mãe de Valéria, teria ouvido um barulho estranho na madrugada e chamou o Neto para ver o que tinha acontecido e ao verificar, percebeu que a mãe estava debruçada, e a porta estava aberta e não havia sinal de arrombamento.
-
-
Não havia sinais de violência

Segundo a Polícia Militar, no corpo de Valéria não havia sinais de violência, porém, os militares foram informados que Valéria teria trocado mensagens via whatsapp com uma pessoa, marcando para se encontrarem na noite de ontem, e com isso a morte da jovem senhora até então para a polícia era considerada morte suspeita, e por precaução a Perícia Forense foi acionada.

CAUSA MORTE

Segundo o Núcleo da Perícia Forense dos Inhamuns, a equipe da Pefoce bem como o rabecão estiveram no local constatando a causa morte, como MORTE NATURAL, não sendo necessário a condução do corpo para o IML (Instituto Médico Legal) de Tauá.

A Prefeitura de Catarina emitiu Nota de Pesar


A equipe do JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil manifesta a sua solidariedade aos familiares e amigos da ACS Valéria Domingues Olinda. Sem dúvida alguma, o legado originário de seu trabalho permanece, entre a sua comunidade e colegas de trabalho. A saudade marca o coração de seus familiares e amigos. 
-
-
******************************************************************************************

Agente Comunitária de Saúde vai a óbito, após levar soco no pescoço durante festa de Carnaval. 

        Rosangela Frauches Veronezi, era agente comunitária de saúde.   —  Foto/Reprodução/Facebook.
 

Publicado no JASB em 20.fevereiro.2023. Atualizado em 26.fevereiro.2023.          

Agente de Saúde foi a óbito após levar um soco no pescoço, durante festa de Carnaval no Paraná, conforme informações da PM - Polícia Militar.

Suspeito fugiu, segundo PM. Rosangela Frauches estava com amigos em uma avenida da cidade, no domingo (19); ela foi socorrida, mas morreu no hospital. Defesa do suspeito aguarda instauração do inquérito.

A  agente comunitária de saúde veio a óbito após levar um soco no pescoço durante discussão em bar do Paraná, segundo informações do Portal G1.

A gente de saúde possuía 48 anos e perdeu a vida depois de ser atingida  em Santo Antônio do Caiuá, no noroeste do Paraná. De acordo com a Polícia Militar (PM), a agressão aconteceu durante um desentendimento em uma avenida da cidade.
-
-
Rosangela Frauches Veronezi estava com um grupo de amigos quando, segundo testemunhas, o homem, identificado como Cícero Luiz de Oliveira, chegou e deu o soco na região da garganta da vítima.

Ela chegou a ser socorrida e encaminhada para um hospital, mas morreu horas depois, no domingo (19).

À PM, testemunhas relataram que ele fugiu em meio a multidão.

Investigação
De acordo com a Polícia Civil, Cícero Luiz de Oliveira foi ouvido e liberado. A defesa do homem disse que aguarda a instauração do inquérito e que o suspeito está à disposição das autoridades.

Em depoimento, o suspeito afirmou que queria dar um soco no ombro da vítima, mas acabou atingindo o pescoço.

De acordo com os relatos das pessoas no local, vítima e suspeito não se conheciam.
-
-
Rosangela atuava como agente comunitária de saúde na Prefeitura de Terra Rica, também no noroeste. Em nota, o município lamentou a morte, estendendo condolências a familiares e amigos, e ressaltou o respeito à profissional.

O sepultado ocorreu nesta segunda-feira (20), em Terra Rica.

Por g1 PR e RPC Noroeste.

Envie informações de sua categoria, em sua cidade à redação do JASB por e-mail: agentesdesaude(sem spam) @gmail.com ou por meio dos formulários de conato da página.

 Receba notícias direto no celular  entrando nos nossos grupos. Clique na opção preferida:
 WhatsApp , Telegram   Facebook  ou Inscreva-se no canal do  JASB no YouTube 

Autorizada a reprodução, desde que a fonte seja citada com o link da matéria.


JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.
Tecnologia do Blogger.